Cabedelo tem 500 mm de chuva e 115 famílias ficam desabrigadas

As fortes chuvas caídas em Cabedelo, deste a ultima quinta-feira(06), deixou várias famílias desabrigadas. De acordo com informações passadas pela defesa civil, já choveu em todo o município 500mm, quando a capacidade pluviométrica do município de 200mm.

Quanto ao número desabrigados em Cabedelo, registra-se 115 famílias. A grande preocupação dos moradores, é que se as chuvas não pararem, ficará difícil o retorno para casa. Sem ter onde ficar, os moradores dos imóveis atingidos pela água foram relocados para alojamentos, abrigos da prefeitura.

Neste final de semana, a prefeitura de Cabedelo, abriu um novo abrigo na quadra bairro do Renascer II.  Outros abrigos estão funcionando no Bairro do Oceania e na Escola Altimar Pimentel. Todas as famílias, estão recebendo doações de roupas e alimentos

As famílias que moram nas comunidades dos Jardins e que foram relocadas, não sabem quando vão poder voltar para suas casas. O retorno só será possível após o rio voltar ao nível normal e não oferecer mais perigo à população.



As equipes da Defesa Civil, Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Assistência Social (Semas), Saúde (Sescab) e Guarda Metropolitana Municipal (GCM) estão atuando 24 horas por dia nos abrigos provisórios e nos pontos mais críticos da cidade.

São eles: Vila Feliz, Jardim América, Jardins Alfa, Beta e Gama, e Portal do Poço. Nessas áreas, a defesa civil realiza ações diuturnamente, abrindo valas,limpeza de  córregos, para o escoamento das águas. 



“É muito importante a gente destacar que, não fossem as ações preventivas que realizamos durante todo o ano, a situação poderia estará bem mais calamitosa. A situação na cidade ainda é periclitante. Em uma semana choveu o equivalente a todo o ano de 2018. Estamos nas ruas, trabalhando 24 horas por dia para tentar amenizar os estragos e assistir a população, através dos abrigos provisórios e atendendo aos chamados em todos os bairros”, resume o coordenador da Defesa Civil de Cabedelo, Fernando Macedo.

A população que quiser ajudar, pode fazer sua doação. Os pontos de arrecadação são a Semas, Casa da Cidadania e Ginásio de Camalaú. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone  (83) 3228.6682.

EM ATUALIZAÇÃO...

Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Blog do RC



Depois de JP, Sousa é a cidade com mais chuvas na PB em 2019

Sousa, Chuvas
A capital paraibana é a cidade com o maior volume de chuvas neste ano. De acordo com dados coletados pela Sala de Situação do Governo do Estado, até esta segunda-feira foram registrados 1.488,2 milímetros de chuva.

Entre as manhãs da quarta-feira passada (12) e desta segunda-feira (17) a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa) registrou 495,6 milímetros de chuva em João Pessoa. O número equivale a 164% da média histórica durante o mês de junho. Os dados foram atualizados na tarde desta segunda-feira (17) pela Aesa.

Na sequência, os outros quatro maiores índices pluviométricos de 2019 foram registrados em Sousa (1.238,6 mm), Alhandra (1.135,3 mm), Rio Tinto (1.035,5 mm) e Baía da Traição (1.025,8 mm).

De acordo com o setor de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, a previsão para a tarde desta segunda-feira é de que o tempo permaneça instável na capital e nas cidades localizadas no litoral paraibano. “Prossegue o deslocamento de aglomerados de nuvens de chuva oriundos do oceano Atlântico em direção à costa paraibana, fenômeno que chamamos de Distúrbio Ondulatório de Leste. Dependendo do deslocamento e intensificação, este fenômeno poderá favorecer na ocorrência de chuvas significativas na faixa litorânea e áreas adjacentes”, alertou a meteorologista Marle Bandeira.

Reservatórios
Dos 129 açudes monitorados pela Aesa, 22 estão com menos de 5% do volume total. Outros 41 têm menos de 20% e 65 reservatórios possuem capacidade superior a 20%. Apenas quatro estão sangrando: Araçagi, na cidade de mesmo nome; Jangada, em Mamanguape; Marés, em João Pessoa; e São Salvador, em Sapé.

Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Redação






Asfalto cede na avenida Ruy Carneiro e faixa é interditada para tráfego de veículos

Asfalto cede na avenida Ruy Carneiro e faixa é interditada para tráfego de veículos
Uma faixa da avenida Ruy Carneiro, em João Pessoa, precisou ser interditada na manhã desta segunda-feira (17) após o asfalto ter cedido e uma cratera ter aberto no meio do asfalto. De acordo com informações da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), a galeria pluvial do local cedeu e provocou a abertura do buraco.

A interdição da via acontece no sentido que vai do Bairro ao Centro, na altura da Subestação da Energisa. Até o momento não há informações sobre o conserto do trecho e normalização do tráfego no local.

Além desta interdição, outros quatro trechos também apresentam problemas no tráfego de veículos. No bairro dos Estados, o cruzamento entre as avenidas Maranhão e Pará continua interditado devido ao buraco no asfalto.

O deslizamento de terra na ladeira do Cabo Branco, o bairro está com um trecho interditado a partir do início da Rua Desportista José Eduardo de Holanda. Acesso bloqueado também a partir da Rua José Ramalho Brunet.

A ladeira em frente ao Paço dos Leões para o acesso ao bairro de Cabo Branco também está interditada devido ao mesmo deslizamento de terra.

Já na BR-230, no trecho que passa pelo bairro Castelo Branco, as duas faixas no sentido de João Pessoa a Cabedelo, estão interditadas para a retirada de uma bananeira no topo da barreira. O acesso está sendo feito pela avenida Dom Pedro II. O bloqueio permanece até o final do serviço



Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Click PB

Brasil se torna um dos principais destinos para refugiados da América Latina

Brasil se torna um dos principais destinos para refugiados da América Latina
O Brasil se torna um dos principais destinos para refugiados na América Latina. Nos últimos seis anos, houve um aumento de quase 3.000% no número de solicitações, em especial de pessoas vindo de Haiti, Síria e Venezuela. Segundo o Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), atualmente, há um passivo de 26 mil pedidos pendentes.
Segundo a Casa Civil, o governo federal tem se esforçado para receber refugiados, mas o desafio é grande. 

No território nacional, a pessoa refugiada pode obter documentos, trabalhar, estudar e exercer os mesmos direitos civis que qualquer cidadão de outro país em situação regular no Brasil. O Conare, criado pela Lei nº 9.474/1997, tem como objetivo reconhecer e tomar decisões sobre a condição de refugiado no país, além de promover a integração local dessa população.

O principal destino de refugiados, atualmente, é o estado de Roraima, que faz fronteira com a Venezuela. Em maio de 2019, o número de venezuelanos beneficiados pela política de interiorização somava 8.295 pessoas. Entre as medidas de apoio oferecidas pelo governo estão abrigo, reunificação familiar e inserção laboral.

As irmãs Nikole e Neyrimar Viana, de 14 e 18 anos, respectivamente, são da capital venezuelana, Caracas, e moram no Brasil há quatro anos. O pai delas veio primeiro e as trouxe depois. “A adaptação em Roraima foi muito difícil. Lá, eles têm muito preconceito”, lamenta Neyrimar. A família veio para o Brasil em busca de melhores condições de vida, após o agravamento da crise venezuelana.

O pai delas abriu um restaurante em Roraima, mas não deu certo e a família mudou-se para Brasília. Agora, Nikole e Neyrimar buscam inserção no mercado de trabalho para ajudar a família. As duas participaram de um curso de preparação oferecido pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), com apoio do Instituto de Migrações e Direitos Humanos (IMDH) e do Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur).

Nas oficinas, refugiados e migrantes podem se capacitar para concorrer a vagas no programa Jovem Aprendiz e estágios. O curso conta con ensinamentos práticos de como se comportar em uma entrevista, como preparar um currículo, entre outras condutas relacionadas à postura profissional, para estimular a inserção laboral e evitar que essa população se submeta a subempregos.


Blog do RC com Informações DP

Primeira parcela do 13º salário já está nas contas dos servidores da PMJP

Primeira parcela do 13º salário já está nas contas dos servidores da PMJP
A primeira parcela do 13º dos servidores da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) já está na conta desde à noite desta sexta-feira (14). De acordo com o calendário de pagamentos divulgado pelo prefeito Luciano Cartaxo, o pagamento da folha referente à primeira parcela do 13º, prevista para a próxima segunda-feira (17), foi antecipado e disponibilizado nas contas pelo Bradesco na noite de ontem.

Esta é a segunda folha que a PMJP paga em menos de 20 dias e, até dia 28 deste mês, serão três folhas pagas em um intervalo de menos de 30 dias, injetando um total de mais de R$ 208 milhões na economia do município neste período de aquecimento em virtude dos festejos juninos. Isso porque nos dias 30 e 31 de maio, a Prefeitura pagou os proventos referentes àquele mês e nos dias 27 e 28 paga o mês de junho, sendo o primeiro dia para os aposentados e pensionistas e o segundo dia para os demais servidores.

Para Luciano Cartaxo, assim como acontece desde o início de 2013, a PMJP tem horado o compromisso de pagar os salários dentro do mês trabalhado e de antecipar a primeira parcela do 13° salário para o meio do ano.

Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Blog do RC Ascom PMJP

Três secretários da gestão de Geraldo Moura pedem pra sair e gestor fala em “armação sórdida”

Três secretários da gestão de Geraldo Moura pedem pra sair e gestor fala em “armação sórdida”
Três secretários que compõe a gestão do prefeito Geraldo Moura, de Soledade, pediram exoneração na última sexta-feira (15). Abandonaram os cargos Fábio Matias de Oliveira – Administração, Adeilson Antonio de Morais – Agricultura e Ângelo Márcio da Silva Correia – Finanças.

Além desses, também deixaram o governo municipal Cleiton Almeida (diretor do Instituto de Previdência-IPSOL), Aline Alves de Souto (diretora do departamento de recursos humanos), Adriano de Jesus Araújo da Silva (diretor administrativo e financeiro do IPSOL), Fábio Nóbrega Fialho (gerente Municipal de convênios e contratos) e Roberto Fernandes Guimarães (coordenador de tributos).

Recebi o pedido de exoneração com muita tranquilidade, até porque pelas ligações que eles tinham com Ivanildo [Gouveia] essa situação já era esperada, o que me surpreendeu foi o fato deles terem decidido sair somente após uma reunião que ocorreu na fazenda do meu agora adversário político, o que só comprova a articulação sórdida que Ivanildo tem feito para tentar desestabilizar a gestão e ganhar a Prefeitura no tapetão”, explicou Geraldo.

O ex-prefeito de Soledade, Ivanildo Gouveia rompeu com Geraldo Moura alegando, segundo ele, que o gestor teria cometido crimes contra a Administração Pública, a exemplo de peculato e recebimento de propinas.

A Câmara Municipal de Soledade instalou uma comissão processante contra Geraldo, que imputa a decisão à motivação política: “A resposta às acusações infundadas, ao processo que corre na Câmara Municipal, é a ação da prefeitura que disponibiliza os serviços que a população precisa. Estamos inaugurando equipamentos de saúde, pavimentando ruas, melhorando as áreas de saúde e educação, recuperando as vias da zona rural, estamos com os salários em dia e agora estamos fazendo um grande São João”, enfatizou Moura.

Geraldo Moura deverá anunciar até esta terça-feira (18), os nomes dos novos auxiliares de primeiro e segundo escalão do governo.



Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Redação


João Azevêdo anuncia apoio às vítimas das chuvas na Grande João Pessoa

João Azevêdo anuncia apoio às vítimas das chuvas na Grande João Pessoa
O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (17), durante o programa semanal ‘Fala, governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, uma série de ações de assistência à população prejudicada pelas fortes chuvas que atingem a Região Metropolitana de João Pessoa nos últimos dias. De acordo com o chefe do Executivo estadual, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh) tem distribuído cestas básicas, colchões e cobertores às famílias dos municípios de João Pessoa e Cabedelo.

Ele também informou que se reunirá ainda nesta tarde com as Secretarias da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente; de Saúde; e do Desenvolvimento Humano; e com os dirigentes da Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba (Cagepa); do Departamento de Estradas de Rodagem (DER); do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil para estabelecer novas medidas que serão implantadas imediatamente para o atendimento às vítimas das chuvas.


“Os prejuízos são grandes, mas nós estamos atentos e quero que a população saiba que existe uma estrutura de serviço que está a sua disposição e que pode ser acionada; nós estamos prontos para atender a todos”, assegurou.

O gestor ainda colocou a Sedh e demais órgãos do Estado à disposição das prefeituras para prestar atendimento às famílias. “No município de Cabedelo, os bairros Jacaré, Recanto do Poço, Portal do Poço, Camboinha, Jardim Jericó, Jardim Alfa, Jardim Beta e Jardim Gama, Jardim Manguinhos e Renascer já estão sendo atendidos. Nós estamos realizando ações de assistências, com distribuição de cestas básicas, colchões e cobertores para as famílias que perderam tudo por conta das chuvas”, relatou.


Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Ascom-PB

Assembleia Legislativa faz esforço concentrado nesta terça-feira para zerar pauta e iniciar recesso

Assembleia Legislativa faz esforço concentrado nesta terça-feira para zerar pauta e iniciar recesso
Os deputados estaduais da Paraíba vão intensificar seus trabalhos nesta semana para iniciar o recesso legislativo do primeiro semestre. Até esta quarta-feira (19) eles deverão votar o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) referente ao exercício de 2020 para conseguir dar início ao recesso.

De acordo com o presidente da Assembleia, Adriano Galdino, em entrevista à Rádio Arapuan, uma sessão está marcada para a tarde desta segunda-feira (17) para agilizar a votação das matérias. 

"A Assembleia vai encerrar os trabalhos legislativos desse semestre na próxima quarta-feira. Hoje nós teremos uma sessão extraordinária ordinária no período da tarde e amanhã teremos um esforço concentrado começando pela manhã sem hora para acabar", explicou Adriano Galdino.

A intenção dos deputados é zerar a pauta e votar logo os projetos que ainda estão pendentes para apreciação pelo plenário. "Serão duas sessões muito produtivas, muito cheias", comenta o presidente.

Na última semana, o deputado Adriano Galdino havia antecipado que pretende uma votação consensual e harmônica do orçamento do estado.

O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias para a elaboração do orçamento de 2020, encaminhado pelo Executivo para a Assembleia Legislativa, prevê uma despesa corrente de R$ 11,2 bilhões. As tabelas mostram previsões de orçamentos também para os anos seguintes, sendo R$ 11,5 bilhões, em 2021; e R$ 11,9 bilhões em 2022.



Assessoria


Concursos: 14 órgãos abrem inscrições na segunda para preencher mais de 1 mil vagas

Concursos: 14 órgãos abrem inscrições na segunda para preencher mais de 1 mil vagasNesta segunda-feira (17), 14 concursos públicos abrem inscrições para preencher mais de 1 mil vagas. Há oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade, com postos em 11 estados.

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Os salários chegam a R$ 9.600,92 na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), que está com 34 vagas abertas para profissionais de nível superior. As inscrições terminam no dia 21 de julho, e devem ser feitas no site da organizadora do concurso.

Somente na Prefeitura de Campo Grande (MS), há 633 vagas. Os postos são para profissionais com ensino superior completo, e salários de até R$ 7.893,22. As inscrições terminam no dia 14 de julho. Veja mais informações no site da organizadora.

Veja abaixo os concursos que abrem inscrições nesta segunda:

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano

Inscrições até 16/07/2019
Vagas 36
Salário máximo R$ 4.180,66
Escolaridade médio e superior
Estado Bahia
Fonte: G1

Prefeitura de Campo Grande (MS)

Inscrições até 14/07/2019
Vagas 633
Salário máximo R$ 7.893,22
Escolaridade superior
local Campo Grande
Estado Mato Grosso do Sul
Prefeitura de Ingaí (MG)

Inscrições até 17/07/2019
Vagas 46
Salário máximo R$ 6.498,89
Escolaridade fundamental, médio e superior
local Ingaí
Estado Minas Gerais
Fonte: G1

Prefeitura de Piracicaba (SP)

Inscrições até 04/07/2019
Vagas 55
Salário máximo R$ 4.186,41
Escolaridade médio e superior
local Piracicaba
Estado São Paulo
Fonte: G1

Prefeitura de São Simão (SP)

Inscrições até 17/07/2019
Vagas 9
Salário máximo R$ 3.079,02
Escolaridade médio e superior
local São Simão
Estado São Paulo
Fonte: G1

Prefeitura de Teixeiras (MG)

Inscrições até 18/07/2019
Vagas 47
Salário máximo R$ 2.800,00
Escolaridade fundamental, médio e superior
local Teixeiras
Estado Minas Gerais
Fonte: G1

Prefeitura de Vicência (PE)

Inscrições até 28/06/2019
Vagas 48
Salário máximo R$ 2.500,00
Escolaridade fundamental, médio e superior
local Vicência
Estado Pernambuco
Fonte: G1

Prefeitura de Vicentinópolis (GO)

Inscrições até 19/06/2019
Vagas 43
Salário máximo R$ 2.557,74
Escolaridade fundamental e superior
local Vicentinópolis
Estado Goiás
Fonte: G1

Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais

Inscrições até 07/08/2019
Vagas 40
Salário máximo R$ 5.451,65
Escolaridade superior
local Minas Gerais
Estado Minas Gerais
Fonte: G1

Universidade Federal da Fronteira do Sul (UFFS)

Inscrições até 22/07/2019
Vagas 15
Salário máximo R$ 4.180,66
Escolaridade médio e superior
local Chapecó (SC), Realeza (PR), Laranjeiras do Sul (PR) e Passo Fundo (RS)
Estado Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina
Fonte: G1

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Inscrições até 21/07/2019
Vagas 34
Salário máximo R$ 9.600,92
Escolaridade superior
Estado Mato Grosso do Sul
Fonte: G1

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Inscrições até 19/06/2019
Vagas 25
Salário máximo R$ 5.786,68
Escolaridade superior
Estado Santa Catarina
Fonte: G1

Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Inscrições até 28/06/2019
Vagas 39
Salário máximo  
Escolaridade superior
local Arauá, Brejo Grande, Carira, Colônia Treze, Estância, Japaratuba, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora da Glória, Poço Verde, Porto da Folha, Propriá, São Domingos e São Cristóvão
Estado Sergipe
Fonte: G1

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Inscrições até 23/07/2019
Vagas 10
Salário máximo R$ 4.180,66
Escolaridade médio e superior
local Natal, Macaíba, Caicó, Currais Novos e Santa Cruz
Estado Rio Grande do Norte


Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
G1




Michelle e Jair Bolsonaro relembram quando se conheceram: 'Queríamos dividir uma vida'

Michelle e Jair Bolsonaro subiram ao altar em março de 2013 quando ele ainda era deputado federal pelo PP. A cerimônia, realizada no dia do aniversário do presidente, foi celebrada pelo Pastor Silas Malafaia na casa de festas Mansão Rosa, no Alto da Boa Vista, na Zona Norte do Rio. Na ocasião, o enlace não gerou tanta curiosidade do público como a recente união entre Eduardo Bolsonaro e a psicóloga Heloísa Wolf.

Porém, só após Michelle Bolsonaro tornar público seu perfil no Instagram, os seguidores puderam ver a declaração de amor trocada entre a primeira-dama e Jair Bolsonaro durante o casamento. O casal relembrou quando se conheceram e Michelle dedicou uma música ao amado.




"Tudo começou quando nos vimos pela primeira vez no gabinete do Jair. Não demorou muito para termos certeza que queríamos dividir uma vida a dois. Após seis meses de namoro aconteceu o pedido de noivado e três meses depois nos casamos no civil. Esperamos o momento certo para receber a benção de Deus e escolhemos propositalmente a data da celebração no religioso , dia 21 de março, data de aniversário do Jair e no dia 22 seria o meu. Um amor que foi conquistado aos poucos, mas hoje posso dizer, sem dúvidas, que ele é meu grande amor! Nossa história se resume na letra desta canção...", escreveu Michelle Bolsonaro ao marido quando foi capa da revista Festejar Noivas RJ.



A primeira-dama dedicou ao marido a letra da música "Grande amor", sucesso na voz do cantor gospel Kim, vocalista da banda Catedral.


Já Jair Bolsonaro disse que sua filha caçula Laura, então com 2 anos, foi a materialização da união do casal.

"A Michelle estava a 10 metros de mim e não enxergava, pois vivia um momento onde tudo parecia não dar certo. Resolvi então novamente buscar a felicidade e me aproximei dela. Deste relacionamento brotou um sentimento que me fez voltar aos tempos de cadete da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende. Tudo passou a ser diferente, a esperança e a alegria de viver brotaram de tal forma que até hoje ainda me pergunto se tudo isso é verdade. Da nossa união nasceu aquilo que materializa uma família, onde o respeito e o amor nos deram nossa filha Laura", escreveu o então deputado à publicação.





  

Fotos: Reprodução / Instagram
 Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Da Redação com Exra

Bolsonaro estuda reduzir imposto para celulares e computadores

Igo Estrela/ Metrópoles
O presidente Jair Bolsonaro disse, por meio de sua conta no Twitter que o governo estuda reduzir de 16% para 4% os impostos sobre importação de computadores e celulares. De acordo com o presidente, há também a possibilidade de redução de tributos para jogos eletrônicos.

“Para estimular a competitividade e inovação tecnológica, o governo estuda, via secretaria do Ministério da Economia, a possibilidade de reduzir de 16% para 4% os impostos sobre importação de produtos de tecnologia da informação, como computadores e celulares”, postou o presidente. “Avaliaremos também a possibilidade de reduzir impostos para jogos eletrônicos”, completou em outra postagem.

- Para estimular a competitividade e inovação tecnológica, o governo estuda, via secretaria do Ministério da Economia, a possibilidade de reduzir de 16% para 4% os impostos sobre importação de produtos de tecnologia da informação, como computadores e celulares.
16.9K people are talking about this

- Para estimular a competitividade e inovação tecnológica, o governo estuda, via secretaria do Ministério da Economia, a possibilidade de reduzir de 16% para 4% os impostos sobre importação de produtos de tecnologia da informação, como computadores e celulares.






Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Metrópoles










Barragem São Salvador volta a sangrar; já Canafístula II pode entrar em colapso total

Com as chuvas na última semana, a barragem de São Salvador, localizada na cidade de Sapé, que tem capacidade de armazenar 12 milhões de metros cúbicos de água, voltou a sangrar neste final de semana. A sangria havia parado no mês passado e com a ocorrência de novas chuvas, sangra pela segunda vez no ano.

A barragem atende os municípios de Sapé, Sobrado, Mari, Mulungu, Gurinhém e Cajá/Caldas Brandão.

Enquanto já tem barragem sangrando, várias cidades do Regional do Brejo, segundo a Cagepa, estão em regime de racionamento e correm o risco de colapso se não houver recarga em barragens.

As cidades de Bananeiras, Solânea, Araruna e Cacimba de Dentro, abastecidas pela barragem de Canafístula 2, que encontra-se com pouco mais de 5% de sua capacidade, estão submetidas a racionamento, algumas delas tendo água somente três dias a cada duas semanas.

Belém, Caiçara, Logradouro, Pirpirituba, Sertãozinho, Duas Estradas, Serra da Raiz e Lagoa de Dentro, também estão em racionamento.

Ainda na região, as cidades de Dona Inês, Tacima, Riachão e Damião estão em colapso e são abastecidas através de carros pipa. A barragem de Jandaia, que atende os municípios, secou e ainda não recebeu recarga suficiente para voltar a operar.


Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Da Redação com Portal 25Horas

Agricultor tem carro alvejado à bala, durante emboscada, em Piancó

O agricultor rural, Antônio Soares da Silva, foi alvejado a tiros de espingarda e revólver, durante uma emboscada, na manhã deste domingo (16), nas proximidades do sítio Caibras, na zona rural de Piancó.
De acordo com informações de populares, que estiveram no local do ocorrido, o agricultor seguia do sítio Caibras, quando foi surpreendido pelos disparos de espingarda, que acertaram o para-brisa do veículo.

Ao ouvir os disparos e ver as marcas no para-brisa o homem acelerou o veículo, mas novos disparos foram efetuados na sua direção. Por sorte, o agricultor não foi atingido.

Nas diligências os policiais militares encontraram vestígios de que o atirador preparou uma armadilha contra Antônio Soares, ao colocar galhos de mato para disfarçar a sua presença às margens da estrada.

Na Delegacia, o agricultor explicou que tem algumas intrigas, mas não sabe quem seria o atirador.

O caso será investigado pela Polícia Civil.




Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
 Vale do Piancó Notícias

Duas mulheres tentam tomar celular de jovem e acabam presas, no Vale do Piancó

No entanto, antes mesmo de fugir do local, a dupla foi presa por uma guarnição da Polícia Militar, que foi acionada

Duas mulheres foram presas, acusados de tentarem praticar um assalto de um celular, no centro da cidade de Boa Ventura (PB). O crime ocorreu, por volta das 22h, desta sexta-feira (14). Não houve emprego de arma durante a ação criminosa.

De acordo com informações da Polícia Militar, as duas mulheres estacionaram uma moto em frente uma praça e anunciaram o assalto à vítima, que se encontrava conversando por um aplicativo com amigos.

No entanto, antes mesmo de fugir do local, a dupla foi presa por uma guarnição da Polícia Militar, que foi acionada. Elas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil de Itaporanga, onde foram tomadas as medidas cabíveis.


Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
 Vale do Piancó Notícias 

Substituto de Levy no BNDES será indicado por Paulo Guedes e deve ser da iniciativa privada

O substituto de Joaquim Levy no comando do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) será indicado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e deve ser da iniciativa privada, informaram integrantes da equipe econômica.

Levy pediu demissão do cargoneste domingo (16), um dia após o presidente Jair Bolsonaro ter dito que ele estava com a “cabeça a prêmio“.

Bolsonaro disse na tarde deste sábado (15) que, se Levy não demitisse o diretor de Mercado de Capitais do BNDES, Marcos Barbosa Pinto, ele, Bolsonaro, demitiria Levy. Poucas horas depois, Marcos Pinto renunciouao cargo.

Segundo apurou a TV Globo, o próximo presidente do BNDES terá de focar os trabalhos nas seguintes áreas:

programas de saneamento;
infraestrutura;
privatizações;
reestruturação de estados e municípios.
Ainda de acordo com integrantes do governo, o substituto de Joaquim Levy também deverá ter como objetivos devolver à União parte dos recursos emprestados ao BNDES, além de buscar investimentos no exterior.

Embora a nomeação de Marcos Pinto tenha sido a “gota d´água’ para Bolsonaro, integrantes da equipe econômica afirmam que o presidente estava insatisfeito com Joaquim Levy havia três meses.

Isso porque, na avaliação desses integrantes, Levy não havia cumprido a promessa de campanha de Bolsonaro de “abrir a caixa-preta” do BNDES em relação a empréstimos para Venezuela e Cuba nem havia buscado investimento no exterior.

Bolsonaro estava ‘angustiado’
Ao colunista do G1 e da GloboNews Gerson Camarotti, Paulo Guedes disse que Bolsonaro estava “angustiado”. Acrescentou que entendia a “angústia” em razão de Levy ter escolhido “nomes ligados ao PT” para o banco.

Marcos Pinto, cuja demissão foi cobrada por Bolsonaro, foi chefe de gabinete de Demian Fiocca na presidência do BNDES (2006-2007). Fiocca era considerado, no governo federal, um homem de confiança de Guido Mantega, ministro da Fazenda nos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

“Ninguém fala em ‘abrir a caixa-preta’ e ainda nomeia um petista. Então, fica clara a compreensão da irritação do presidente”, disse Guedes ao Blog do Camarotti.

Segundo o colunista João Borges, Guedes e Bolsonaro conversaram neste sábado logo após o presidente ter dito que Levy estava com a “cabeça prêmio”. A declaração fez os integrantes da equipe econômica considerarem “insustentável” a situação do agora ex-presidente do BNDES.


G1

Energisa inicia campanha de negociação de débitos nesta segunda (17)

Com o objetivo de facilitar a regularização de débitos de seus clientes, a Energisa inicia a partir de hoje, 17, uma campanha de negociação. A proposta da ação é zerar o número de clientes com contas em atraso na Paraíba. A campanha vai até o dia 31 de julho e os interessados em negociar podem procurar uma das agências de atendimento da concessionária ou fazer a negociação pelo site da Energisa (energisa.com.br).

“Optamos por fazer uma campanha extensa para dar chance a todos de negociar. As condições especiais que estão sendo oferecidas são isenção de juros de financiamento, de multa e correção monetária para quem fizer o pagamento à vista. Já quem tem conta vencida a mais de 60 dias têm a possibilidade de parcelar o valor de 3 até 12 vezes, mediante entrada de 15%”, explica o gerente de Serviços Comerciais, Felipe Costa.

A negociação garante a exclusão do nome do devedor da lista dos órgãos de proteção ao crédito e evita a suspensão do fornecimento de energia.


Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter



Vídeo mostra efeitos dos mais de 400 mm de chuva que já caíram em JP

João Pessoa já recebeu mais de 460 mm de chuva desde o dia 13 de junho. Esta vem sendo a maior quantidade de chuva na capital em 2019 e também o terceiro maior volume em 24 horas para junho desde 1981, em 38 anos de medições do INMET. Somente chuva entre 9 horas do dia 13 e 9 horas de 14 de junho, foram 182,4 mm de chuva.

A maior quantidade de chuva em 24 horas em junho em João Pessoa, no período de 1981 a 2019 foi de 194,0 mm entre os dias 17 e 18 de junho de 1986.
As fortes precipitações chuvosas que vem caindo em João Pessoa devem continuar nesta segunda-feira (17). De acordo com a meteorologia há risco de chuva forte em toda faixa litorânea desde o Rio Grande do Norte até Sergipe. A capital paraibana já registrou mais de 460 mm de chuvas nos últimos dias, o que equivale ao maior volume dos últimos 30 anos.

Vídeos vêm se espalhando pelas redes em diversos pontos da capital que estão alagadas, como esse entre a Ladeira do Castelo Branco com Miramar.





Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
Redação





Trecho da BR-230 próximo ao viaduto do Oitizeiro é interditado por manifestantes em JP

Moradores da comunidade Três Lagoas estão interditando neste momento o km 28 da BR-230 próximo ao viaduto de Oitizeiro.

Os manifestantes protestam contra os constantes alagamentos na região, em especial durante este período de chuvas sem trégua, na Capital.

De acordo com informações da Secretaria de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob), o trecho que está bloqueado é o sentido João Pessoa/Bayeux.

O acesso ao aeroporto Castro Pinto pelo local está totalmente bloqueado, o trânsito está parado e há grande acúmulo de veículos na rodovia.



Telegram ou WhatsApp – BLOG DO RC  – (83) 9 9802 3384 / 9 9604 5488– Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter
PBagora