Sessão da Câmara de Mari/PB é marcada por clima de paz e aprovação de projetos por unanimidade; confira

Na manhã desta quarta-feira (22) ocorreu a 2ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Mari. O clima da sessão foi leve e sem discussões acaloradas, surpreendendo aos que se fizeram presentes e aos internautas que acompanharam os trabalhos através da transmissão ao vivo feita pela rede social facebook. A maioria dos projetos e requerimentos ganharam unanimidade na votação.

Leia também: Presidente da Câmara de Mari, Zona da Mata da PB, avalia abertura dos trabalhos legislativos

A vereadora Neta do Sindicato ganhou destaque ao falar sobre a questão da obrigatoriedade dos capacetes na cidade, onde se mostrou indignada e ressaltou que esse uso está contribuindo para o aumento de assaltos. A vereadora foi aplaudida pelos colegas e pelo povo que se fez presente.

O presidente da casa Jose Alisson Cunha em contato com o ExpressoPB.com ao final da sessão, fez uma avaliação positiva dos trabalhos. Ele ressaltou a importância dos requerimentos para municipalizar o transito da cidade com algumas regras para a não obrigatoriedade do uso de capacete, citado pela vereadora Neta e acrescentou sobre o projeto da pesca requerido pela vereadora Valeska Magalhães que irá movimentar o município e gerar emprego e renda.

Alisson se posicionou sobre as reivindicações de seus colegas com relação a PEC que pretende aumentar a idade mínima para aposentadoria: “é uma reivindicação muito boa dos vereadores aqui da casa, não só dos vereadores, isso é uma preocupação nacional. Uma preocupação que atinge a todos brasileiros. Sabemos que estamos em um pais que está vivenciando uma crise, a previdência se encontra com um débito nunca visto, precisa ser feito uma reforma, mas por conta da grande roubalheira lá em Brasília cai nas costas dos mais pobres. Somos contra a reforma nesses termos, totalmente contra e iremos levantar a bandeira junto com a população. Infelizmente a câmara de Mari não tem como fazer algum projeto que mude um projeto já ‘constitucionalido’, o que podemos fazer é apoiar e nos unir com a população para lutar contra essa reforma”, finalizou.

Perguntado sobre a ausência dos vereadores, o presidente explicou que as ausências dos parlamentares são sempre justificadas: “a colega vereadora Arlinda justificou a falta do colega Leo. O mesmo deve estar passando por alguns problemas de saúde. Na primeira sessão ele se alterou um pouco, nas demais ele já manteve o diálogo. Se ele está faltando deve ter algum motivo. Eu acho que ele está se cuidando e vai melhorar para depois está junto conosco reivindicando melhorias para população.”

Alisson falou animado sobre o comparecimento do povo que vem se fazendo presente nas sessões. E afirmou que está buscando melhorias para logo mais todas as sessões serem transmitidas através do site da câmara.

Confira a seguir as matérias aprovadas na sessão desta quarta-feira (22):

Requerimento nº 10/17 de autoria da vereadora Vania Silva de Souza – Solicitação pavimentação de ruas.

Requerimento nº 11/2017 – Solicita Programa de coleta seletiva e instalação de usina de reciclagem de lixo.

Requerimento nº 12/2017 – Solicitação compra de um trator para o município.

Requerimento nº 17/2017 de autoria do vereador José Martins de Lima – Solicita realização de Sessão Especial para comemorar o Dia Internacional da Mulher (08 de março).

Requerimento nº 18/2017 – Solicita a construção de dois postos de saúde.

Requerimento nº 19/2017 – Solicita a construção de cemitério com capela.

Requerimento nº 20/2017 de autoria da vereadora Erica Morgana da Silva Eduardo – Solicita colocação de duas caixas d’água e duas bombas sapo para captação de água das cacimbas localizadas no Loteamento Nova Esperança.

Requerimento nº 21/2017 – Solicita emissão gratuita de escritura pública definitiva dos lotes e alvará de construção para famílias do Loteamento Nova Esperança.

Requerimento nº 22/2017 – Solicita doações de fardamento e equipamentos de proteção (epi) para garis e agentes de limpeza urbana.

Requerimento nº 23/2017 de autoria da vereadora Arlinda Meireles da Silva – Solicita contratação de equipe de saúde para sitio alfavaca e auxiliares.

Requerimento nº 24/2017 – Solicita pavimentação de ruas.

Requerimento nº 25/2017 – Solicita construção de poço artesiano no sitio Alfavaca.

Requerimento nº 26/2017 de autoria do vereador Adriano Monteiro de Oliveira – Solicita carteirinha de estudante gratuita para estudantes da rede pública.

Requerimento nº 27/2017 – Solicita execussão de pintura de quebra-molas da cidade.

Requerimento nº 28/2017 – Solicita replantio de arvores na estrada principal do Assentamento Tiradentes.

Requerimento nº 29/2017 de autoria da vereadora Valeska Magalhães Maiomoni Ferreira – Solicita organização estrutural na feira livre de peixe.

Requerimento nº 30/2017 de autoria da vereadora Hozanete Dionisio dos Santos – Solicita construção de Praça no Loteamento Walter Martins.

Requerimento nº 37/2017 – Solicita construção de Posto de Saúde.

Projeto de lei nº 02/2017 de autoria do Poder Executivo – Institui o Programa Empreender Municipal de Mari, criado nos termos da lei estadual no 9.335 de 25 de janeiro de 2011 e regulamentado pela Medida Provisória nº 207 de julho de 2013.

Projeto de Lei nº 07/2017 de autoria do vereador Alisson José Cunha da Silva – Dispõe sobre o incentivo popular do tradicional cultivo da macaxeira e mandioca e agricultura familiar no município de Mari. criando a Semana Municipal de Incentivo à Agricultura.

Se fizeram presentes na sessão os vereadores:

-Alisson José da Cunha

– Adriano Monteiro de Oliveira

-Arlinda Meireles da Silva

-Erica Morgana da Silva Eduardo

-José Martins de Lima

-Vânia Silva de Souza

-Valeska Magalhães Maimoni Ferreira

-Hozanete Dionisio dos Santos

-Marilene Rufino da Costa

-Willame de Lima Mendonça


   Blog do RC/ExpressoPB
Informações da Ascom/CMM

Prefeito de São Bento Cumpre agenda e visita Distrito de Barra de Cima e CAPS

Nesta quarta-feira (22), o prefeito da cidade São Bento, sertão do Estado, Dr. Jarques Lúcio (DEM), esteve cumprindo sua agenda institucional, visitando o Distrito de Barra de Cima, zona rural do município.

Pela manhã, o gestor visitou o PSF Francisco Junqueira dos Santos, no distrito de Barra de Cima, com intuito de melhorar e organizar a unidade de saúde. Na oportunidade, Dr. Jarques realizou a entrega de uma ambulância, já revisada, para beneficiar a população, além de realizar atendimento médico de alguns moradores do distrito. 

Já na tarde, o prefeito acompanhou de perto, os trabalhos na terraplanagem da estrada da zona rural, que liga as comunidade do Xique-xique, passando pela Várzea Grande. A conclusão dos trabalhos no local que irá se encerrar na Barra de Cima, está prevista para próxima sexta-feira (24).

Ainda na parte da tarde, Dr. Jarques participou juntamente com a Secretária de Saúde do município, Lindinalva Dantas, das Comemorações Carnavalescas do Centro de Atenção Psicossocial Dona Quinca, juntamente com a equipe do CAPS e seus usuários.








São Bento em Foco



Dr. Jarques Lucio se reúne com sindicato dos servidores públicos municipais

O prefeito de São Bento- PB, Dr Jarques Lúcio, se reuniu na noite desta terça (21), com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Bento (SINSEMSB). No encontro realizado no shopping das redes, foram tratados diversos assuntos de interesse do funcionalismo público municipal.
Para Jarques, o diálogo com todas as categorias do serviço público é sempre muito importante e se faz necessário. “Para que tenhamos uma administração transparente e eficiente é necessário conhecermos as necessidades e anseios dos trabalhadores, só assim, viveremos o novo tempo de verdade”, finalizou.
Além do gestor, participaram da reunião a secretária de saúde, Lindinalva Dantas, o secretário de educação, Raimundo Maia, a diretora do hospital, Joyciene Lúcio, o vereador e advogado do Sindicato, Artur Araújo e o presidente da instituição, José Emídio.


Ascom

Prefeitura de Pombal publica edital de seleção com 49 vagas

Prefeitura de Pombal publica edital de seleção com 49 vagas
A Prefeitura de Pombal, no Sertão Paraibano, publicou edital de processo seletivo com 49 vagas para contratação temporária para os cargos de: professor de Educação Infantil nos anos iniciais, professor de Língua Portuguesa, Geografia, Ciências e Arte dos anos finais, professor de AEE, auxiliar de monitor de creche, monitor de creche, auxiliar de serviços gerais (Zona Urbana), agente administrativo e guarda municipal.
Veja as vagas oferecidas:
O contrato será relativo apenas ao ano letivo de 2017. As inscrições serão realizadas nesta quinta-feira (23) e sexta-feira (24), na Secretaria de Educação, situada na Rua Manoel Pires de Sousa, S/N no horário das 07h até 11h.
Para todos os cargos a remuneração é de R$ 937. Cada candidato só poderá se inscrever para uma função e o ato da inscrição deverá apresentar a seguinte documentação: cópia da Carteira de Identidade e do CPF; cópia do comprovante de escolaridade; declaração de disponibilidade de carga horária exigida; currículo, devidamente preenchido e comprovado.
Confira a formação exigida para cada cargo:
A seleção dos candidatos será realizada por uma comissão constituída por Profissionais da Educação e da Secretaria Municipal de Educação. O resultado da seleção será divulgado no dia 3 de março.





MaisPB


Prefeito de Piancó decreta Estado de Calamidade Pública por 180 dias

Prefeitura de Piancó decreta Estado de Calamidade Pública por 180 dias Quase 20% dos prefeitos do país que  assumiram o cargo em 1º de janeiro governarão seus municípios em Situação de Emergência ou Estado de Calamidade Pública. Levantamento aponta que 999 cidades têm decretos reconhecidos pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. O país possui 5.570 municípios.

Os decretos de anormalidade têm validade de 90 ou 180. Com eles, prefeitos reduzem burocracia e têm direito a verbas federais exclusivas para ações de resposta ao desastre - seja ele qual for. Levando-se em consideração o momento por que passa o município de Piancó, o prefeito Daniel Galdino (PSD) publicou no Diário Oficial dos Municípios desta quarta-feira, 22, o Decreto que coloca a cidade de Piancó, em Estado de Calamidade Publica, por 180 dias, devido a estiagem no Município.


Confira o Decreto: 


ESTADO DA PARAÍBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIANCÓ



CHEFIA DE GABINETE

DECRETO 23-2017



Dispõe sobre a decretação do estado de calamidade pública no município de Piancó e dá outras providências.



O PREFEITO MUNICIPAL DE PIANCÓ, estado da Paraíba, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, o art. 21, inciso XVIII da Constituição Federal, o art. 3º da Lei nº 12.340/2010 e o art. 1º e segs do Decreto Federal nº 7.257/2010;

CONSIDERANDO a absoluta irregularidade das precipitações pluviométricas cujo registro indica inexistência de qualquer precedente na história do município, bem como de outros municípios circunvizinhos em face a localização geográfica do semi-árido nordestino:

CONSIDERANDO que a sede do município está em colapso absoluto de desabastecimento de água pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos, situação em que os múltiplos domicílios estão sendo abastecidos por carro pipa ou por água de poço artesianos perfurados sem qualquer controle geológico;

CONSIDERANDO que a integral vulnerabilidade da população em face a inexistência de água nas torneiras têm conduzido a população a busca, transporte e o acondicionamento deste líquido precioso de maneira inadequada, na maior parte em condições de baixa potabilidade, com riscos potencial a propagação de inúmeros doenças a evidenciar danos a saúde pública;

CONSIDERANDO que a escassez do acesso da água denota o agravamento da situação de risco de toda população atingida, registrando que no ano passado foi identificado como sendo a maior estiagem dos últimas décadas na região do semi-árido nordestino; 

CONSIDERANDO os problemas sócio-econômicos gerados ao Município e a dificuldade da administração municipal em adotar medidas emergenciais que minimizem o desemprego e a fome das famílias carentes;

CONSIDERANDO a fundada frustração da safra agrícola das culturas de subsistência e a redução da produção pecuária; 

CONSIDERANDO, por fim, que o poder público municipal não dispõe de meios para enfrentar a crise que assola o município, especialmente no sentido de assegurar trabalho a população atingida,


DECRETA


Art. 1º - Fica decretado o ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA no município de PIANCÓ-PB, pelo prazo de 180 (cento e oitenta) dias consecutivos e ininterruptos, em face a plena situação de anormalidade provocada pela grave estiagem e ausência de precipitações pluviométricas nas zonas urbana e rural, com danos e prejuízos imediatos a toda população atingida, sem qualquer capacidade de resposta municipal para dar resposta ou mitigar os nefastos efeitos desta gravíssima situação;

Parágrafo Único: Os efeitos deste Decreto podem ser, automaticamente prorrogados por igual período, se persistirem as causas que ensejaram o referido flagelo.

Art. 2º - O Poder Público Municipal desenvolverá ações na busca de soluções para o combate aos problemas gerados pela escassez de precipitações pluviométricas, bem como deverá procurar desenvolver parcerias com os Governos Estadual e Federal que se fizerem necessárias, visando atender a toda a população pelo fenômeno que ora dá causa ao presente Decreto.

Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 4º - Revogam-se as disposições em contrário.



Piancó-PB, 21 de fevereiro de 2017.


DANIEL GALDINO DE ARAÚJO PEREIRA

Prefeito




Publicado por:

Suely Azevedo Xavier Freitas





Assessoria



Na Paraíba, 39 cidades ainda não tiveram registro de chuvas em 2017

Dos 223 municípios do estado da Paraíba, 39 deles ainda não tiveram registro de chuvas neste de ano de 2017. O levantamento foi feito com base nos dados divulgados pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). Ainda, entre os 39 municípios que não tiveram chuvas ainda, 10 deles são da região do Cariri paraibano.

O levantamento considerou os percentuais de captação de chuvas do dia 1º de janeiro de 2017 até 7h desta quinta-feira (23). De acordo com a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, o fato da região do Cariri ter tantas cidades ainda sem registros de chuvas está relacionado ao período da estação de chuvas.

“O período de estação de chuvas do Cariri paraibano fica entre os meses de fevereiro e abril. Ou seja, estamos apenas entrando na estação de chuvas e elas podem ser abaixo, na média ou acima da média. Isso muda em cada ano”, explicou ela.

Ainda na lista dos municípios que não tiveram chuvas, alguns deles estão em pleno litoral do estado, onde as condições acabam sendo mais favoráveis na maior parte das situações, como Baía da Traição, Conde, Cuité de Mamanguape e Lucena.

Mais chuvas

Já as 10 cidades que mais tiveram registros de chuvas entre 1º de janeiro de 2017 até 7h desta quinta-feira foram Bom Sucesso (323,4mm); Mato Grosso (316,0mm); Sousa (298,1mm); Condado (291,5mm); Diamante (286,0mm); Patos (283,3mm); Monte Horebe (282,9mm); Malta (278,3mm); Lagoa (276,3mm); e Cajazeiras (274,2mm).

Confira as cidades que não tiveram chuvas em 2017 (até as 7h de 23 de fevereiro)

Alcantil
Areial
Assunção
Barra de Santa Rosa
Baía da Traição
Cabaceiras
Cacimbas
Caldas Brandão
Camalaú
Conde
Coxixola
Cuité de Mamanguape
Damião
Duas Estradas
Esperança
Gado Bravo
Gurjão
Igaracy
Itapororoca
Itatuba
Lagoa de Dentro
Lastro
Lucena
Marcação
Montadas
Mulungu
Nova Palmeira
Olivedos
Parari
Picuí
Pilõezinhos
Riachão
Riachão do Bacamarte
Santo André


Fonte Do G1 PB

Dona da Casas Bahia e Ponto Frio perdeu R$ 95 milhões em 2016 e está à venda

 | Antonio More / Agencia de Noticias Gazeta do Povo/Antonio More / Agencia de Noticias Gazeta do Povo
A Via Varejo, empresa do Grupo Pão de Açúcar que reúne as operações das Casas Bahia e Ponto Frio, informou que teve prejuízo de R$ 95 milhões em 2016 frente a um lucro de R$ 14 milhões em 2015. As informações constam de comunicado divulgado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que fiscaliza o mercado de capitais.

De acordo com o comunicado da empresa, o prejuízo foi causado pela queda nas vendas, associada ao aumento dos cutsos fixos da operação. Além disso, diz o texto, maiores despesas financeiras, leve piora na equivalência patrimonial e a consolidação de dois meses da operação on-line, que é deficitária, contribuíram para o prejuízo no período.

“O ano de 2016 apresentou um cenário econômico adverso para o setor de bens duráveis. Continuamos com queda nas vendas do setor, com a piora de indicadores coimo taxa de desemprego, baixa confiança do consumidor e a manutenção da taxa Selic no maior patamar desde 2006”, diz o comunicado da empresa. A Via varejo é líder no varejo multicanal de eletrônicos e móveis do país.

veja também
Recuperação judicial da PDG atinge obras paradas e apartamentos já entreguesCarlos Ghosn deixa a Nissan para se concentrar na aliança Renault-Mitsubishi
A receita operacional da Via Varejo teve crescimento de 2,9% para R$ 19,8 bilhões, em função da consolidação do negócio on-line no último bimestre do ano. No ano passado, as vendas mesmas lojas recuaram 1,9%. Foram fechadas 47 lojas e abertas apenas oito novas no período. Ao final de 2016, a empresa encerrou com 975 lojas, sendo 223 do Ponto Frio e 752 das Casas Bahia. O resultado líquido financeiro foi uma despesa de R$ 776 milhões, aumento de 23,8% em relação ao ano anterior.

O diretor presidente da empresa, Peter Estermann, disse que o quarto trimestre foi importante para a empresa, que iniciou o processo de integração dos dos negócios on-line e off line da Via Varejo, além da reestruturação do negócio de móveis. Com a integração a ‘multicanalidade’ já começou a ganhar força, em dezembro e janeiro, disse Estermann, reduzindo custos logístico e impactando na rentabilidade.

“Começamos a criar uma cultura digital na companhia, que já tem capacidade de experimentar e transformar”, diz Estermann.

O grupo francês Casino, dono do GPA, está vendendo sua participação na Via Varejo. Foram contratados os bancos Rothschild, Santander, HSBC e Société Générale para o negócio, segundo informações da Bloomberg. Pelo menos dez grupos, diz a Bloomberg, já teriam se candidatado para conhecer os números da Via Varejo, que tem valor de mercado de cerca de R$ 3 bilhões. A expectativa é que as propostas sejam feitas até março e que o negócio esteja consolidado no primeiro semestre do ano.

A família Klein, fundadora das Casas Bahia, possui 27,3% da Via Varejo e também estaria negociando sua participação.

Em novembro passado, o conselho do Grupo Pão de Açúcar aprovou o início do processo de venda de sua participação, como parte da estratégia de se dedicar ao segmento de alimentação, segundo comunicado ao mercado na época. O GPA detém 62,6% das ações ordinárias e 43,3% do capital total da Via Varejo, segundo o site da empresa. O Casino, por sua vez, controla 41,5% do capital total e quase todas as ações ordinárias da GPA, segundo comunicado ao mercado.

Um dos fortes concorrentes a levar a operação da Via Varejo é a Lojas Americanas, que tem o bilionário Jorge Paulo Lemann como um de seus acionistas, segundo especialistas em varejo. O mercado especula também que os chilenos da Falabella, que já está no Brasil através da rede de materiais de construção Dicico, e os alemães da grupo alemão Steinhoff estariam no páreo também. O GPA, a família Klein e o Casino não comentam a venda da Via Varejo.




o Globo

Novo ministro do STF, Alexandre de Moraes apoia bloqueios ao WhatsApp

Pedro Franca/Agencia Senado
Alexandre de Moraes, novo ministro do Supremo Tribunal Federal, pode mudar o debate jurídico que há no País hoje a respeito de bloqueios judiciais de aplicativos. Durante sua sabatina, realizada no início desta semana no Senado Federal, Moraes defendeu que aplicativos como o WhatsApp possam ser bloqueados no território nacional, caso não colaborem com a Justiça.

Moraes disse que "a empresa dona do aplicativo não dá nenhum apoio às investigações criminais", e que encaminhou, no Ministério da Justiça, uma proposta para obrigar a empresa responsável pelo aplicativo a ter sede no Brasil. Segundo o magistrado, isso poderia acontecer por meio de uma mudança no Marco Civil da Internet.

"Essa é uma questão que o Congresso Nacional deve analisar, porque é importantíssima, do Whatsapp e da comunicação. Porque não se trata só da comunicação de mensagem, mas se trata da utilização por organizações criminosas da ligação pelo Whatsapp", disse Moraes.

No entanto, é importante lembrar que o Marco Civil já tem uma regra que permite que o WhatsApp possa ser acionado na Justiça brasileira - no artigo 11, a lei define que pode ser aplicada para empresa que atue no exterior, mas tenha uma integrante do mesmo grupo econômico no Brasil. Uma interpretação possível no caso do WhatsApp, que foi comprado pelo Facebook em 2014 - este último, por sua vez, possui escritório no Brasil.

Em entrevistas recentes, Brian Acton, cofundador do WhatsApp, disse que não tem planos para abrir uma sede da empresa no Brasil. Segundo ele, é mais fácil administrar a companhia diretamente dos Estados Unidos.

Trump quer expandir arsenal nuclear e colocar EUA na liderança

Resultado de imagem para Trump quer expandir arsenal nuclear e colocar EUA na liderança
 O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (23) que quer fortalecer o arsenal nuclear do país para garantir que os EUA estejam na liderança, depois de ficarem para trás em sua capacidade de armas atômicas.

Em entrevista à Reuters, Trump também disse que a China poderia resolver o desafio de segurança nacional representado pela Coreia do Norte “muito facilmente se eles quisessem”, intensificando a pressão para que Pequim exerça mais influência para controlar as ações cada vez mais agressivas de Pyongyang.

Nos seus primeiros comentários sobre o arsenal nuclear norte-americano desde que assumiu o poder em 20 de janeiro, Trump declarou que os EUA “ficaram para trás na capacidade em armas nucleares”.

"Eu sou o primeiro que gostaria de ver todo mundo, ninguém ter armas nucleares, mas nós nunca iremos ficar para trás de qualquer país, mesmo se for um país amigo, nós nunca iremos ficar para trás em poder nuclear.”

“Seria maravilhoso, um sonho se nenhum país tivesse armas nucleares, mas se países vão ter, nós estaremos no topo do grupo”, afirmou Trump.

O novo tratado sobre limite de armas, conhecido como Novo START, entre os EUA e a Rússia exige que até 5 de fevereiro de 2018 os dois países limitem os seus arsenais de armas nucleares estratégicas para níveis equivalentes por dez anos.

O tratado permite que os dois países tenham não mais do que 800 lançadores de mísseis balísticos terrestres e submarinos e bombardeiros pesados aptos para carregar armas nucleares, além de prever outros limites igualitários em relação a outras armas atômicas.

Analistas têm questionado se Trump quer anular o Novo START ou se iniciaria o emprego de outras ogivas.

Na entrevista, Trump chamou o Novo START de um acordo desigual. "Apenas mais um acordo ruim que o país fez, START, o acordo com o Irã… Nós vamos começar a fazer acordos bons”, afirmou ele.
Os EUA estão no meio de um programa de modernização de 30 anos no valor de 1 trilhão de dólares dos seus submarinos de mísseis balísticos, bombardeiros e mísseis terrestres, um custo com o qual, para muitos especialistas, o país não pode arcar.

Trump também reclamou que o emprego russo de um míssil de cruzeiro é uma violação do tratado de 1987 que proíbe mísseis de alcance intermediário terrestres russos e norte-americanos.
"Para mim é um grande problema”, afirmou ele.

Perguntado se trataria do tema com Putin, Trump disse que ele faria isso se e quando eles se encontrarem. Ele afirmou que não tinha encontros marcados com Putin.

Falando no Salão Oval, Trump declarou em relação aos testes de mísseis balísticos norte-coreanos: “Nós estamos muito irritados”. Ele disse que acelerar um sistema antimísseis para os aliados Japão e Coreia do Sul estava entre as opções possíveis.

"Há conversas sobre muito mais do que isso”, afirmou Trump. "Vamos ver o que acontece. Mas a situação é muito perigosa, e a China pode terminar com isso muito rapidamente na minha opinião.”





Reuters

Aos 14 anos,Maisa pede ajuda a fãs para denunciar assédio

Maisa Silva, atriz mirim do SBT conhecida por ter 'crescido' em frente às câmeras de TV, utilizou as redes sociais para pedir ajuda aos fãs após ter sido assediada em seu Instagram. 

Ela publicou um print de algumas mensagens enviadas por um usuário ao seu perfil do Instagram, que alguns fãs chegaram a comparar com as recebidas pela apresentadora Ana Hickmann em 2016.

"Denunciem... É o que a gente pode fazer. O nojo que eu sinto é maior que tudo. Ainda tenho esperança que esses monstros sejam pegos. Pior coisa ler esses comentários", disse Maisa, que em seguida agradeceu o apoio dos fãs: "É muiro bom saber que tem gente boa no mundo".
 Ela publicou um print de algumas mensagens enviadas por um usuário ao seu perfil do Instagram, que alguns fãs chegaram a comparar com as recebidas pela apresentadora Ana Hickmann




redação

Aos 42 anos, modelo cubana faz ensaio ousando e incendeia as redes sociais; veja as imagensf

Sem título4
Aos 42 anos, a modelo Vida Guerra mostra que ainda tem muiiiiiiita lenha para queimar se o assunto é beleza e sensualidade. A cubana, que fez sucesso em revistas masculinas no começo dos anos 2000, aparece agora em mais um ensaio quente.
Vida Guerra postou as fotos “muy calientes” em sua conta no Instagram.

Situação Financeira Inviabiliza Carnaval em Igaracy e Prefeito Lidio Carneiro decreta estado de emergência no Município

A imagem pode conter: texto
A atual gestão do municipio de Igaracy,cidade que esta localizada na Microrregião do vale do piancó e na Mesorregião do Sertão Paraibano,com uma  Área de 192,258 km² e de acordo com o último censo realizado em 2010,uma população estimada 6.156 hab(IBGE), vem enfrentando dificuldades para colocar as finanças em dia e o governo nós trilhos.Desde quando assumiu a prefeitura em 01 de janeiro de 2017,o prefeito Lidio Carneiro e sua equipe de auxiliares, vem trabalhando diuturnamente para amenizar o caos e tapa os buracos deixado pela gestão da ex-prefeita.

"Vamos precisar do apoio de todos os igaracienses,são inumeras dividas e contas a pagar.Pedimos um pouco mais de paciência a população para que possamos colocar nossa cidade nos trilhos".Falou o prefeito Lidio Carneiro ao Blog do RC

Em nota abaixo,a prefeitura de Igaracy explica o motivo da nao realização do carnaval 2017.




A realidade do município de Igaracy não é diferente da dos 223 municípios paraibanos que estão sendo alertados pelo Tribunal de Contas do Estado sobre cuidados que devem ser observados ao promover festividades financiadas com recursos públicos. Evitando excesso de gastos com contratações e assegurando o equilíbrio das contas públicas, conforme preconizado no § 1º do art. 1º da Lei Complementar nº 101/2000 que estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências, notadamente em casos de situação de decreto de emergência. Além das legislações a nível de Estado, existem decretos municipais expedido e assinado pelo prefeito José Carneiro Almeida da Silva, que torna inviável a realização de carnaval no ano de 2017 a saber, Decreto nº 002/2016 – Decreta situação de emergência no Município de Igaracy, e Decreto nº 10 de 02 de janeiro de 2017 – Estabelece medidas administrativas no sentido de conter e racionalizar as despesas públicas no âmbito da Prefeitura. Não desconsideramos a importância do carnaval para cultura, além de ser uma tradição cultural brasileira, passou a ser um criativo negócio do ramo turístico e do entretenimento. No entanto o momento exige uma priorização a ações que beneficie uma maior camada de munícipes. Estamos apenas com pouco mais de um mês de gestão, tendo como meta uma estabilização da economia local e uma melhor distribuição dos serviços públicos.


Gabinete do Prefeito.
Secretaria de Cultura.



Blog do RC





Prefeito Daniel Galdino nomeia Eliana Garrido para Secretaria de Cultura em Piancó

O prefeito Daniel Galdino (PSD), aproveitando sua participação na Semana Pedagógica, que teve início no último dia 21 e encerramento previsto para esta quinta-feira (23), na manhã de hoje, nomeou a ex-secretária de educação e contadora, Eliana Garrido (Foto) para assumir a Secretaria de Cultura de Piancó. 

O evento que ocorre no dia de hoje, no Auditório do Fórum Desembargador Luis Sílvio Ramalho, tem a participação de professores, diretores e auxiliares da Secretaria de Educação, secretaria esta que tem a sua frente a professora D'Maria Serra Galdino. Eliana agradeceu a indicação e se disse lisonjeada com tal honraria.

A Semana Pedagógica  termina hoje, 23, na Escola Luciano Freires de Farias.



OBlogdePianco.com.br

Prefeitura de Piancó encerra a Semana Pedagógica 2017 com grande êxito; confira

A Secretaria Municipal de Educação da cidade de Piancó concluiu os trabalhos da SEMANA PEDAGÓGICA nesta quinta-feira (23) depois de três dias de intenso debate para promover a Educação na rede municipal de ensino. O tema enfocado (temática) foi: DESENVOLVIMENTO HUMANO - Pessoal e Profissional. A secretária Conceição de Maria Serra Galdino disse da importância do evento pedagógico, e falou da temática que envolve discussões e provisionamentos dos profissionais em educação, enquanto atores e autores desse processo na formação que implica conceber e administrar a formação de todos, enriquecendo individual e coletivamente, o processo ensino-aprendizagem. O evento teve início na última terça-feira (21) na Escola Municipal "Luciano Freires de Farias", sempre nos dois horários (manhã e tarde). a primeira Semana Pedagógica do ano é a mais importante para qualquer escola: é quando os gestores e a equipe pedagógica se reúnem para projetar os próximos 200 dias letivos e fazer a revisão do Projeto Político Pedagógico (PPP) - o documento que marca a identidade da escola e indica os caminhos para que os objetivos educacionais sejam atingidos.

Na manhã desta quinta-feira (23), a equipe de profissionais da educação se reuniu no Auditório do Tribunal do Juri "Antonio do Couto Cartaxo", no Fórum "Desembargador Luis Sílvio Ramalho", na cidade de Piancó. O prefeito Daniel Galdino se fez presente, abrindo o último dia de debates; bem como secretários, vereadores, representantes e profissionais da educação.

Objetivos 
Oferecer aos profissionais de educação da rede municipal de ensino, perspectivas multidimensional, elementos norteadores que possibilitem subsídios pedagógicos para sua atuação profissional e humana.

Palestrantes
- Josenildo Cazé de Sousa, Mestre em Neurociência da Aprendizagem
- Segundo Remígio, Assessor Jurídico da Prefeitura Municipal de Piancó 

Foi oferecido coffee-breack e almoço aos presentes.

A Semana Pedagógica é uma reunião de professores e funcionários da rede estadual de ensino para tratar da importância da escola pública, a organização do trabalho pedagógico e as temáticas do cotidiano escolar. 

A secretária Conceição de Maria Serra Galdino agradeceu a todos os presentes e disse satisfeita com o resultado do evento que agora será colocado em prática por todos os presentes. 

A imagem pode conter: 3 pessoas, flor

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas e área interna

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, área interna

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e área interna








OBlogdePianco.com.br

Mais da metade dos açudes paraibanos estão com menos de 5% de água; dezoito estão zerados

Mais da metade dos açudes paraibanos estão com menos de 5% de água; dezoito estão zeradosMais da metade dos açudes públicos da Paraíba estão em situação crítica. Um levantamento da Agência Executiva de Gestão das Águas do estado (Aesa), divulgado nesta quarta-feira (22), mostra que 53,9% dos reservatórios monitorados pelo órgão estão com um volume menor que 5% da capacidade total. São 68 com um nível de água considerado muito baixo. Desses, 18 estão cm volume totalmente zerados.

Ao todo, 126 açudes são monitorados pela agência e apenas 24 apresentam um volume superior a 20% nesta quarta-feira. Ainda de acordo com o relatório, os municípios mais afetados pela escassez de água ficam no Sertão, no Cariri e no norte do estado.

Um dos que se encontram em situação crítica é o reservatório de Boqueirão, que abastece outras 17 cidades, incluindo Campina Grande. Nele, o volume corresponde a 3,8% da capacidade. O presidente da Aesa, João Fernandes, destaca que, por causa do baixo nível dos açudes, os racionamentos se tornaram necessários.

“A população já está sendo abastecida com poços e carros-pipa. A gente está acompanhando, conferindo passo a passo. Quero chegar em abril com 10 milhões de metros cúbicos. Se não tivesse essas restrições, o sistema entraria em colapso”, afirma.
Ainda de acordo com ele, a transposição do Rio São Francisco deve chegar a Monteiro, no Cariri, no mês que vem, o que deve trazer um alívio para a região. “A promessa é que deve chega no dia 6 de março. Se a gente já tiver as águas do São Francisco, a gente melhora o abastecimento”, acredita.

Veja os 18 açudes da Paraíba que estão zerados:

– Algodão (Algodão de Jandaíra)
– Bastiana (Teixeira)
– Sabonete (Teixeira)
– Novo II (Tavares)
– Bichinho (Barra de São Miguel)
– Campos (Caraúbas)
– Cordeiro (Congo)
– Ouro Velho (Ouro Velho)
– Prata II (Prata)
– Jenipapeiro (São José da Lagoa Tapada)
– Milhã (Puxinanã)
– Riacho de Santo Antônio (Riacho de Santo Antônio)
– Riacho dos Cavalos (Riacho dos Cavalos)
– Caraibeiras (Picuí)
– São José IV (São José do Sabugi)
– São Mamede (São Mamede)
– Gurjão (Gurjão)
– Serra Branca I (Serra Branca)



G1



Polícia Federal cumpre 15 mandados de busca e dois de apreensão na 38ª fase da Lava Jato

Polícia Federal cumpre 15 mandados de busca e dois de apreensão na 38ª fase da Lava JatoPoliciais federais estão nas ruas desde as primeiras horas desta quinta-feira (23) para cumprir mandados da 38ª fase da Operação Lava Jato. Foram expedidos 15 mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva no Rio de Janeiro. A operação foi batizada de Blackout.

De acordo com as investigações, a ação tem como alvo principal a atuação de operadores financeiros identificados como facilitadores na movimentação de recursos indevidos pagos a integrantes das diretorias da Petrobras. Eles são investigados pelos crimes de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro dentre outros.

Conforme a  PF, o nome da operação é uma referência ao sobrenome dos dois operadores.

"A simbologia do nome tem por objetivo demonstrar a interrupção definitiva  da atuação destes investigados como representantes deste poderoso esquema de corrupção", disse a PF.

Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

37ª fase

A penúltima fase da operação foi batizada de Calicute prendeu o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral sob a suspeita de receber milhões em propina para fechar contratos públicos. A operação foi uma ação coordenada entre as forças-tarefa da Lava Jato do Rio e do Paraná. Foram cumpridos vários mandados judiciais expedidos pela 7ª Vara da Justiça Federal do Rio de Janeiro e pela 13ª Vara da Justiça do Paraná.

O ex-governador já teve três pedidos de prisão preventiva cumpridos contra ele e segue no Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde estão os outros presos das operações Calicute e Eficiência.







G1



Jornalista patoense não suporta tratamento contra o cancer e e morre em Joao Pessoa

Foram 5 anos de luta contra o câncer, mas uma das doenças mais temidas fez outra vítima da cidade de Patos. A publicitária e apresentadora Sandra Sibele, 46 anos, faleceu por volta das 01h00 da madrugada desta quarta-feira, dia 22, no Hospital Napoleão Laurerano, em João Pessoa.

Sandra Sibele teve um agravo na saúde desde o mês de janeiro de 2017 quando chegou a desmaiar enquanto estava no seu empreendimento no Guedes Shopping. A publicitária foi socorrida às pressas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhada ao Hospital Regional de Patos.

O câncer de pulmão foi detectado desde 2012 e a luta se deu de forma constante com idas e vindas para tratamento em João Pessoa. O fato da metástase, quando as células cancerígenas se espalham para outras partes do corpo, foi o que mais debilitou Sandra Sibele.

De acordo com informações, Sandra Sibele será sepultada no final da tarde desta quarta-feira, dia 22, às 17h00, no cemitério Jardim da Paz, às margens da BR 230, saída para Pombal, em Patos.


 PatosOnline 

Gostosona pega marido com Gordinha e bate em 'geral'; Veja o vídeo

Um bar da cidade de Rio Verde, em Goiás, flagrou uma situação inusitada. Nesta terça-feira, 21, um vídeo divulgado na internet - que foi gravado nesse bar- acabou viralizando, atingindo mais de um milhão de exibições nas redes sociais em poucas horas. O vídeo começa com um homem, que não teve o nome identificado, conversando com duas mulheres em uma mesa de bar. Ele bebe cerveja e parece papear sobre assuntos da vida. A conversa pode ser vista, mas não ouvida pelas câmeras de segurança do estabelecimento. Enquanto o homem bebe uma cerveja e outra, uma mulher loira, muito bonita, chega ao local.
Acredita-se que a mulher enraivecida seja esposa do representante masculino que estava ingerindo álcool durante o dia. Ela chega muito irritada e parte para cima do homem. A mulher - estilo "gostosona" - mostra-se muito inconformada e dá vários tapas em seu companheiro. Ela, não contente, também bate na mulher ao lado, que parece mais velha e está mais acima do peso. O companheiro dela parece que estava mais feliz ao conversar com a "gordinha", do que com sua mulher. A esposa acredita que está sendo traída e quebra tudo no bar. Ela acaba batendo em pessoas que nem estavam envolvidas na cena e, provavelmente, nem conheciam os três que estavam bebendo ao redor de uma mesa vermelha.
A suposta mulher traída, que também não teve o nome revelado, chega a pegar uma cadeira para tacar nas pessoas. Ela é realmente uma pessoa difícil de se controlar quando está com raiva. O vídeo, ao todo, tem um minuto e quarenta segundos e acabou fazendo o maior sucesso no Facebook. Publicadas por um usuário da rede social, as imagens atingiram mais de 10 mil compartilhamentos e 1,4 milhão de acessos. Muita gente que nem era da cidade em que o episódio aconteceu também fez questão de ver e comentar tudo o que ocorreu. No geral, as pessoas deram razão à "gostosona", dizendo que também fariam o mesmo.
Veja abaixo o vídeo que mostra a mulher casada vendo o marido conversando com outra e tendo um ataque de ciúmes.








Papagaio revela caso de marido infiel com a empregada

Nehil Hamilton/CB/D.A Press
Ao repetir diálogos românticos de seu dono com a empregada doméstica, um papagaio acabou revelando acidentalmente o romance entre os dois para a mulher dele. A história foi publicada pelo jornal britânico Mirror.
 O pássaro começou a repetir sem parar as frases que o homem trocava com a empregada, levantando a suspeita da esposa, que passou a se perguntar onde a ave havia aprendido aquelas expressões.

Ao concluir que o papagaio só poderia ter ouvido aquilo dentro da casa em que morava, a mulher entendeu que o marido estava se relacionando com a outra mulher.

O casal vive no Kuwait, onde o adultério é ilegal. Então, a mulher foi até a polícia e levou junto o papagaio. Para a sorte do marido, a polícia rejeitou a evidência, argumentando que a ave poderia estar repetindo diálogos aprendidos da TV ou do rádio.

Ao jornal local Al Shahed Daily, a esposa disse que já suspeitava da traição do marido há algum tempo, mas não tinha provas da infidelidade. No Kuwait, o adultério é punido com pena de prisão ou trabalhos forçados.






Mirror.

Jota Júnior grava vídeo para falar de tratamento de saúde e agradece apoio

O apresentador Jota Júnior, da TV Correio, teve que interromper, temporariamente, tratamento para transplante de pulmão em Fortaleza (CE) e retornar para João Pessoa para tratar do coração. Nesta quarta-feira (22), ele gravou um vídeo para falar sobre o quadro atual dele e agradeceu o apoio que vem recebendo. 

“Eu fui a Fortaleza para tentar um transplante, mas depois de um ano surgiram outras complicações e não foi possível”, disse o apresentador no vídeo, que foi transmitido na edição desta quarta-feira do programa Cidade Alerta, da TV Correio.







 Portal Correio

Boqueirão começará a receber águas do São Francisco a partir de 20 de abril

A previsão é do secretário nacional de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional, Antônio de Pádua de Deus Andrade, divulgada durante uma reunião técnica com o ‘Comitê de Gestão da Crise Hídrica na Paraíba’ do Ministério Público da Paraíba (MPPB), presidido pelo procurador-geral de Justiça, Bertrand de Araújo Asfora.

Na reunião técnica, ocorrida nas dependências da Promotoria de Justiça de Monteiro, os representantes da Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba (Cagepa) também informaram que, assim que a água chegar em Boqueirão, o racionamento de água nos finais de semana na região de Campina Grande deverá ser suspenso de imediato.

“São excelentes notícias. Esta é uma obra de um país, de uma gente, que vai mudar a realidade da Paraíba e do Nordeste”, destacou o procurador-geral Bertrand Asfora, ressaltando: “O Ministério Público está engajado nessa luta, acompanhando as obras complementares de nossa responsabilidade e a Paraíba estará preparada para receber as águas. A Paraíba não fará nenhuma vergonha”.

“Só tenho a agradecer ao Ministério Público da Paraíba por se envolver e ajudar na resolução dos problemas”, disse Antônio de Pádua, reafirmando que o governo federal irá inaugurar a chegada das águas na Paraíba no próximo dia 6 de março. “Serão inauguradas quatro estações elevatórias e, em Monteiro, duas bombas vão começar a lançar 13 metros de água por segundo no canal que levará a água do São Francisco para o Açude de Camalaú, depois para Poções e, após 45 dias, chegar a Boqueirão”.

 Portal Correio 

Aneel define em R$ 62 bi valor de indenizações ao setor elétrico e conta será repassada ao consumidor

Os consumidores sentirão novamente os efeitos negativos da redução da tarifa de energia elétrica autorizada em 2013, durante a gestão da presidente Dilma Rousseff. Na época, a redução chegou a até 20%. No entanto, no ano seguinte, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou novos e sucessivos aumentos que invalidaram a redução. O custo dessa redução que durou pouco mais de um ano, no entanto, ainda será repassado aos brasileiros. A estimativa é que a alta na conta fique em torno de 7,17% em 2017.

A Aneel definiu em R$ 62,2 bilhões o valor de indenizações às transmissoras de energia. Para garantir a redução da conta de luz em 2013, o governo baixou ou extinguiu encargos sobre a tarifa e renovou contratos de concessão de geração e transmissão de energia pagando menos pelo serviço. Pela medida, as concessões de geradoras e transmissoras de energia teriam seus vencimentos antecipados, mas as empresas receberiam o pagamento de indenizações por investimentos efetuados. Porém, esses pagamentos não foram devidamente amortizados, conforme detalha reportagem do jornal O Globo.

O pagamento das geradoras teria ocorrido com recursos disponíveis em fundos públicos, porém, o pagamento das transmissoras de energia não foi repassado. Esse atraso elevou o aumento da contra em R$ 35 bilhões, conforme informou a Aneel à reportagem. Com a decisão da agência sobre as indenizações às transmissoras de energia, a previsão é que o consumidor arque com essa fatura até 2025.

Desde 2015, a Aneel vem autorizando seguidos reajustes devido ao encarecimento da energia no país nos últimos tempos, provocado pela queda no nível dos reservatórios das principais hidrelétricas. Um ano após a queda da tarifa, em 2014, a energia teve um aumento de 17,06%. Já em 2015, o aumento foi de 51%. Em 2016 houve uma pequena redução na tarifa de 10,66%.






O Globo

Senador paraibano cobra 'revolução' na segurança pública do país

Durante a sabatina do ministro indicado para uma vaga no STF, Alexandre de Moraes, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, o senador José Maranhão (PMDB /PB) afirmou que a situação da segurança pública e a precariedade dos presídios no País são “tragédias que mostram a falência do Estado”.

Maranhão lembrou a experiência de Moraes como secretário de Segurança Pública de São Paulo e como ministro da Justiça: “ Se ficasse mais tempo no Executivo, certamente poderia ser muito útil a esse momento que o Brasil está vivendo. Essas tragédias que estão acontecendo aí, nos presídios, não sabemos se foram cultivadas nas ruas e levadas para os presídios ou cultivadas nos presídios e levadas para as ruas”, disse o senador ao destacar que Alexandre de Moraes deixa o Ministério da Justiça para uma vaga em outro Poder da República, o Judiciário, que, ressaltou, também tem instrumentos para ajudar a promover uma mudança nesta área.

“Eu já tive a honra de, por três vezes, administrar o meu Estado e sei, por experiência própria, que é preciso haver uma revolução nesse campo, no campo da segurança pública. Eu acho que os Estados, mesmo os Estados mais fortes, como São Paulo, Minas e outros, estão vivendo dificuldades que são insuperáveis. São dificuldades não somente de natureza política, ética, mas de natureza material”, destacou o senador. Para ele, há necessidade de aumentar os efetivos de policiamento e melhorar o gerenciamento das penitenciárias, que se transformaram em “casas de tortura e, sobretudo, em antros que chantageiam a sociedade”.

José Maranhão enfatizou que intervenção episódica não é solução: “Chama o Exército, chama a Força Nacional. Isso é uma solução para o que nós estamos vivendo aí? Não será uma solução, porque eu não vi, mesmo no Governo atual, nenhuma declaração que nos colocasse tranquilos em relação a esse problema, nenhuma vontade efetiva de resolver e enfrentar a questão, porque todos têm medo de gastar, de aplicar os recursos necessários para aumentar os efetivos da nossa Polícia e para modernizá-la”.

Quanto à indicação de Alexandre de Morais para ministro do STF, Maranhão, que foi presidente da CCJ nos dois últimos anos, se disse satisfeito com a sabatina. “Eu vi e ouvi alguns Parlamentares muitos preocupados com as ligações – algumas conhecidas, outras meras presunções – do indicado com o Governo que aí está e com a possibilidade de se transformar em mais um voto presumivelmente favorável às demandas de interesse do Governo. Eu não vi, durante os meus longos anos de vida, a indicação de algum ministro para o Supremo que não tivesse o lado subjetivo, em que não influísse a visão pessoal do Presidente e de sua equipe”, resumiu José Maranhão, ao salientar que Moraes provou as qualidades de um juiz: equilíbrio, sensatez, além de um vasto conhecimento acadêmico e profissional.

Alexandre de Moraes, destacou a experiência política de José Maranhão, e propôs uma solução integrada para o problema da segurança pública: “Vossa Excelência, com a experiência de ter sido três vezes governador e com a experiência de senador, sabe que há necessidade de um novo modelo de segurança. Além da questão social, segurança é Polícia, Ministério Público e Judiciário num modelo de integração maior. Esse é um grande desafio a que esta Casa, junto com o Supremo Tribunal Federal, junto com o Executivo, num pacto republicano, pode dar um grande auxílio”, afirmou.

Bolsonaro tenta voltar ao PP para ser candidato a presidente

O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) apareceu em segundo lugar em pesquisa espontânea de intenção de votos para a Presidência da República em 2018. O resultado lhe deu força nas negociações para voltar ao PP. Alguns dizem que ele será um importante reforço para a legenda na conquista de votos. O fato é que só aceita regressar como candidato a presidente. Nem mais. Nem menos.





Época

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM