Apresentações Do CRAS De Olho D`Água Encanta O Público

A Prefeitura Municipal de Olho D`água através do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) João Avelino de Almeida, apresentou durante os dias 18 e 19 de junho em praça pública o II Arraiá da Assistência Social. O evento vem se tornando uma atração nessa época de São João atraindo pessoas e resgatando uma tradição que faz parte da cultura da cidade. O CRAS tem o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade, e uma das formas que vem dando frutos é justamente esses projetos sociais que abrange as mais carentes do município.
A gestão através da secretaria municipal de assistência social busca entre outras coisas promover os direitos básicos da família e apoiar projetos que tragam os jovens da comunidade para fazer parte desse importante movimento social, para desenvolver esse excelente trabalho a gestão e a secretaria de assistência social trabalha com o CRAS João Avelino de Almeida  que possui um caráter preventivo e proativo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades e potencialidades dos usuários, com vistas ao alcance de alternativas emancipatórias para o enfrentamento das vulnerabilidades sociais, além disso é de grande importância para o desenvolvimento de atividade sociais para o município, onde tem mostrado a toda comunidade que desenvolve um trabalho com equidade social tratando todos de forma igual dentro do contexto social.
Outro importante fato a ser observados são os integrantes da equipe do CRAS, pois muitos deles participaram dos programas no próprio CRAS João Avelino de Almeida, demostrando com isso os resultados obtidos pelas atividades sociais e comprovando assim a eficácias e importância da secretaria social para o município, a gestão tem visivelmente buscado melhorias para os morados da cidade através da secretaria, bons exemplos para comprovar essas afirmações e são essas ações sociais de hoje que dão o apoio a diversas famílias do municípios.   
Em 2017 a Secretaria de Assistência Social criou o I Arraía da Assistência Social, que conta com apresentações de grupos de idosos, crianças e adolescente. Na parte do Projeto envolvendo os adolescentes desde o ano passado surgiu a quadrilha Renascer do Sertão, onde a mesma conta histórias do sertanejo através de danças e encenações, nesse ano o tema da quadrilha Renascer do Sertão foi “Sorte e Azar”.
As apresentações foram acompanhadas por diversas pessoas do município e de cidades vizinhas, tudo foi muito animado acompanhados por atrações que mostram um pouco do trabalho realizado pela gestão e pela secretaria de assistência social com organização dos espaços das apresentações e com a montagem das apresentações expostas, desejemos bons frutos a todos os envolvidos nesse trabalho tão importante para comunidade e para o município de Olho D’água, agradecemos mais uma vez o convite feito pela secretária e torcemos para que esse importantes trabalho possa alcançar cada vez mais o desenvolvimento social que o município necessita. 

Estavam presentes como convidados de honra o Prefeito Dr. Genoilton João de Carvalho Almeida, 
 O vereador Manoel Laurindo representando a Câmara dos vereadores, Maria Willany Carvalho Teothonio (chefe de Gabinete), Denise Waneska de Oliveira Costa (Secretária de bem estar social), Joana Avelina Almeida, Ronny kleber Araújo Caldas  coordenador do CRAS, Iria Amélia Costa Neta, OS assistentes sociais Marcelo Tolentino e Tayse Ferreira, Glaucia Lopes psicóloga, Antonio Teothonio (tesoureiro), Tarciana Carvalho(secretária de educação), Poliana da Costa Oliveira, Rosilda Carvalho (secretária de saúde) além de outros secretários.


Assessoria/Fotos: Jhon Alves







IMAGENS FORTES! Veja o que aconteceu após três homens assediarem esta mulher na frente do marido. SÓ VENDO PARA CRER

A mulher desce do carro, caminha em direção a uma casa e três homens que conversavam a assediam. Aí aparece o marido, que havia ficado dentro do veiculo.

Ele peita os homens e em seguida volta ao carro e pega uma pistola.

A mulher então, temendo o pior, pega a arma da mão dele.

E aí que o bicho pega. Veja o vídeo.






Blog do RC


IMAGENS FORTES! Você não vai acreditar no que aconteceu com este homem de camisa azul. Azar? Destino? VEJA VÍDEO


Até agora estou pensando no que aconteceu com este homem de camisa azul.  

Coitado! Era um trabalhador. Não merecia ter tido o fim que teve. 

Ele caminhava tranquilamente com outro homem por uma rua com pouco movimento quando, de repente, inesperadamente, algo terrível lhe acontece.




Blog do RC



IMAGENS FORTES! Ladrão é flagrado roubando fio elétrico e... VEJA O QUE FIZERAM COM ELE

Uns certamente dirão que o que fizeram com o ladrão que aparece no vídeo abaixo é errado. Mas a maioria, com certeza, vai aplaudir.

Afinal, tá todo mundo indgnado com a onda de roubos, furtos e outros crimes que nos atormentam diariamente.

É possível que, após tanto sofrimento, o ladrão pense mil vezes antes de sair de casa para roubar.












Blog do RC

​Obras públicas são fiscalizadas pelo TCE da Paraíba

Sede do Tribunal de Contas do Estado
Foi divulgado o relatório 'Caravana das Obras', realizado pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). A lista pauta a fiscalização em 535 obras públicas em 200 municípios do estado. Foram analisadas as ações em hospitais, postos de saúde, escolas, quadras esportivas e diversas outras construções.


Implantado em 2011, a atualização das fiscalizações faz parte do Sistema de Georreferenciamento de Obras Públicas (GeoPB). O trabalho foi realizado por auditores do próprio tribunal.


T5

Jaques Wagner volta a ser principal cotado para substituir Lula na eleição deste ano

Logo após o jantar do presidenciável Ciro Gomes (PDT) com líderes de PP, DEM, PRB, PR e Solidariedade, nesta semana, emissários do PT deflagraram um movimento para convencer integrantes do centro a não fechar aliança com o pedetista.

Apesar do movimento do PT em direção a Ciro, o nome do ex-governador Jaques Wagner voltou ao topo da lista de cotados para ser o candidato do partido ao Planalto em substituição a Lula.

O vice seria Josué Gomes, do PR. 

Curtiu? Siga o BLOG DO REMBRANDT CARVALHO no Facebook

Apesar do movimento do PT em direção a Ciro, o nome do
ex-governador Jaques Wagner voltou ao topo da lista
(Foto: João Mattos / Brazil Photo Press)

Estadão

Prefeituras são comunicadas para não pagar salários a prefeitos afastados

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) comunicou todas as Prefeituras, Câmaras de Vereadores e o Estado da Paraíba sobre a irregularidade de pagamento de remunerações de agentes políticos e de servidores públicos afastados de suas funções por decisão judicial. Entre os pagamentos que estavam ilegais constavam o dos prefeitos afastados de Bayeux e Cabedelo.

Ao Portal Correio, o procurador-geral de Cabedelo, Marcelo Lucena, afirmou que a decisão do TCE-PB será cumprida já a partir deste mês.

“Recebemos a determinação do TCE-PB e já ofício para a Secretaria de Administração, que irá suspender todos os pagamentos a todos os servidores afastados dos seus cargos, incluindo Leto Viana e o vice-prefeito.

 A decisão do TCE, feita a partir de uma consulta nossa, ampara nossa decisão de suspensão de pagamento”, disse o procurador
.
Procurado pelo Portal Correio, o coordenador de Comunicação da Prefeitura de Bayeux, Rodrigo Lima, disse que até a manhã desta quinta-feira (21) a Prefeitura não havia sido notificada sobre a decisão do TCE-PB.

Mesmo afastados, Leto e Berg recebiam R$ 39,2 mil

Afastados dos mandatos e presos sob acusação de corrupção, os prefeitos de Bayeux, Berg Lima (que passou cinco meses numa cela do 5º Batalhão da Polícia Militar), e de Cabedelo, Leto Viana (preso há dois meses no mesmo local), continuam recebendo salários integrais.

Berg Lima já recebeu mais de R$ 240 mil mesmo fora da Prefeitura. Leto Viana, abdicou do salário de prefeito de Cabedelo, logo que assumiu, para optar por uma remuneração maior na Receita Municipal, onde exercer a função de assistente administrativo, com salário de R$ 19 mil. Assim, nos últimos dois meses já recebeu R$ 38 mil.

Juntos, os dois políticos dão um prejuízo aos cofres públicos da ordem de R$ 39.257,00. Além dos mais, as Prefeituras pagam mais R$ 37 mil aos prefeitos interinos, Mauri Batista da Silva, conhecido como Noquinha (MDB), recebe mensalmente R$ 20.257,60, como prefeito interino. Já o prefeito interino de Cabelo, Vitor Hugo (PRB), tem uma remuneração de R$ 17.090,99, no comando do Executivo.

Em Bayeux, a prefeitura chegou a pagar no mês de março a remuneração de três prefeitos. Além de Berg, também recebia a remuneração de prefeito o vice-prefeito cassado pela Câmara, Luiz Antônio de Miranda Alvino (PSDB), que assumiu o comando da Prefeitura em julho do ano passado, com a prisão e o afastamento de Berg Lima.

Em Cabedelo, a situação ainda é pior, porque além do pagamento dos vencimentos de dois prefeitos, a prefeitura também tem que pagar os subsídios dos 10 vereadores afastados, alguns deles presos, e outros servidores denunciados em participar do esquema de corrupção que está sendo investigado por meio da Operação Xeque-mate. São mais de  28 pessoas recebendo uma remuneração de R$ 8 mil, com prejuízos estimados de mais de R$ 224 mil mensal aos cofres do município. Porque entre presos e afastados, todos vêm recebendo salário de vereador ou servidor, mesmo na cadeia ou afastado por decisão judicial.

Da Redação
Com Portal Correio

Justiça homologa delação premiada de Palocci

O desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, homologou hoje (22) os depoimentos de delação premiada do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci com a Polícia Federal (PF). Os depoimentos estão em segredo de Justiça, e o conteúdo não foi divulgado. Palocci está preso desde setembro de 2016 em função das investigações da Operação Lava Jato.

O ex-ministro fechou os termos da delação com delegados responsáveis pelas investigações da Lava Jato após os procuradores do Ministério Público Federal (MPF) rejeitarem o acordo. O ex-ministro foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 12 anos, dois meses e 20 dias de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em um dos processos da operação.

A decisão foi tomada após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que, nesta semana, validou autorização legal para que delegados das polícias Civil e Federal possam negociar delações premiadas, conforme previsto na Lei de Organizações Criminosas (12.850/2013).



Agência Brasil

Militares e médicos integram lista de mais de 120 servidores notificados por acúmulo de cargos

O Governo do Estado notificou mais de 120 servidores estaduais por meio do Diário Oficial do Estado, nesta sexta-feira (22), para regularizarem a situação de acúmulo de cargos na administração pública. 
O presidente da Comissão Estadual de Acumulação de Cargos – CEAC notificou mais de 80 servidores por estarem acumulando cargos na administração pública, e instaurou  Processos Administrativos para apurar as ilicitudes, estabelecendo prazo de cinco dias para apresentação de defesa ou opção por um dos vínculos. 
Outro grupo de 43 servidores foi notificado para, no prazo de cinco dias consecutivos, apresentarem justificativa e opção pelos vínculos permitidos, sob pena de instauração de Processo Administrativo Disciplinar, com bloqueio salarial. O ex-vereador Napoleão Maracajá está entre eles. Ele atua como professor da educação básica na prefeitura de Campina Grande e na Secretaria de estado da Agricultura Familiar do Semiárido. Nessa lista ainda se pode encontrar campeões de acumulação de cargos, como o médico Manoel Galdino da Costa, que tem seis vínculos públicos.

Em um dos casos notificados, um major da PM, Rogério Perônico, acumula cargo de diretor da PBPrev, com lotação na Secretaria de Estado e Saúde, e o cargo de vereador presidente da Câmara Municipal de São José do Bonfim. 
Entre os casos de acúmulo, muitos são militares e vários outros são médicos que atuam em vários cargos no setor publico, no Estado e em prefeituras, e ainda possuem clínicas particulares. 
O Diário traz ainda nomes de servidores que foram notificados por não se manifestarem acerca do acúmulo de vínculos. Os nomes foram publicados na edição desta sexta-feira (22), do Diário Oficial do Estado. 

Servidores notificados:   
 
JOÃO BATISTA DOS SANTOS,  cargo de SEGUNDO SARGENTO, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar de João Pessoa (PBPREV Pessoal Reformado),com o cargo de Condutor Socorrista, com lotação na Prefeitura Municipal de João Pessoa;
JOSEIRES GLEYDSON SANTOS BENÍCIO, cargo de TERCEIRO SARGENTO, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar/PB, com o cargo de FISIOTERAPEUTA, com lotação na Prefeitura Municipal de São Bento/PB;
ALEXANDRE MAGNO NUNES DE LIRA, cargo de CAPITÃO, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar/PB, com o cargo de MÉDICO, com lotação na Prefeitura Municipal de Aroeiras;
ALESSANDRO OLIVEIRA DOS SANTOS, sob a materialidade de acumular ilicitamente, cargo de TERCEIRO SARGENTO, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar/PB, com o cargo de PROFESSOR DA ORQUESTRA SINFÔNICA, com lotação na Prefeitura Municipal de João Pessoa;
JOSEILTON BRITO DE FREITAS, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de SUB TENENTE, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar de Campina Grande, com o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3, com lotação na Prefeitura Municipal de Campina Grande;
ALEXANDRE MAGNO NUNES DE LIRA, cargo de CAPITÃO, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar/PB, com o cargo de MÉDICO, com lotação na Prefeitura Municipal de Aroeiras;
ROGÉRIO PERÔNICO BEZERRA, cargo de MAJOR, com lotação no PBPREV Pessoal Reformado, o cargo de DIRETOR, com lotação na Secretaria de Estado e Saúde, e o cargo de VEREADOR/PRESIDENTE, com lotação na Câmara Municipal de São José do Bonfim;
JOSE INALDO ATAIDE sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de TERCEIRO SARGENTO, com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE JOÃO PESSOA, com o cargo de CONDUTOR SOCORRISTA com lotação na FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JOÃO PESSOA;
CARLOS ANTÔNIO DOS SANTOS, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de TERCEIRO SARGENTO, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar de João Pessoa, com o cargo de CONDUTOR SOCORRISTA, com lotação na Prefeitura Municipal de João Pessoa;
MARCELO DE ARAUJO SERAPIÃO sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de SOLDADO ENGAJADO ,com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE JOÃO PESSOA, com o cargo de RADIO OPERADOR com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB;
MARCOS DA SILVA LINHARES sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PRIMEIRO TENENTE, com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE JOÃO PESSOA, com o cargo de CONDUTOR SOCORRISTA com lotaçãona FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JOÃO PESSOA/PB;
EDUARDO DOS SANTOS sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de SUB TENENTE , com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE JOÃO PESSOA, com o cargo de PROFESSOR com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE ALGODÃO DE JANDAÍRA/PB;
WLADEMYR FRAGA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de TERCEIRO SARGENTO, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar/PB, com o cargo de CONDUTOR SOCORRISTA, com lotação na Prefeitura Municipal de João Pessoa/PB;
JAILSON DE MASCENA SANTOS sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de SEGUNDO SARGENTO, com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE JOÃO PESSOA, com o cargo de CONDUTOR SOCORRISTA com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB;
POLIANA DE SOUZA DIAS sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de SOLDADO ENGAJADO, com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE JOÃO PESSOA, com o cargo de AGENTE DE EDUCAÇÃO com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA RITA/PB;
IVAN OLIVEIRA DE ARAÚJO FILHO, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de CAPITÃO, com lotação na Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social/PB, o cargo de Médico, com lotação na Prefeitura Municipal de Natuba/PB, o cargo de MÉDICO, com lotação na Prefeitura Municipal de Bayeux/PB, e o cargo de Médico, com lotação na Prefeitura Municipal de Mataraca/PB;
PÉRICLES JOSÉ CARVALHO DE OLIVEIRA sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MAJOR, com lotação na POLÍCIA MILITAR ESTADO PARAÍBA, com o cargo de MÉDICO CIRURGIÃO GERAL com lotação na HOSPITAL EDSON RAMALHO – SEC. EST. SAÚDE, o cargo de MÉDICO EFETIVO junto ao HOSPITAL MÚNICIPAL DE SANTA ISABEL – PREFEITURA MÚNCIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO À DISPOSIÇÃO junto a INSTITUTO CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO CIRURGIÃO GERAL junto ao HOSPITAL ALBERTO URQUIZA WANDERLEY – (COOPERATIVA) – SETOR PRIVADO, o cargo de MÉDICO CIRURGIÃO GERAL junto a FUNDAÇÃO NAPOLEÃO LAUREANO(FUNDAÇÃO PRIVADA) e o cargo de MÉDICO CIRURGIÃO GERAL junto a CONSULTÓRIO MÉDICO DR. PÉRICLES JOSÉ CARVALHO DE OLIVEIRA (Setor Privado);
FELIPE EDUARDO DE MEDEIROS NUNES sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de CAPITÃO, com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE JOÃO PESSOA, com o cargo de MÉDICO com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE AROEIRAS/PB e também ocupa o cargo de MÉDICO com lotação na Prefeitura Municipal de Mari/PB;
HÉRCULES THIAGO DE SOUZA ALMEIDAsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de SOLDADO ENGAJADO, com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR/PB, com o cargo de MÉDICO com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE PILAR/PB. Com o cargo de MÉDICO PEDIATRA com lotação no Instituto Cândida Vargas – Prefeitura Municipal de João Pessoa/PB, e também ocupa o cargo de MÉDICO PEDIATRA com lotação no Afeto Clínica de atenção à criança sociedade empresária limitada(SETOR PRIVADO);
LUIZ GONZAGA NUNES FERREIRAsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo deTERCEIRO SARGENTO, com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR/PB, com o cargo de CONDUTOR SOCORRISTA com lotação no FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JOÃO PESSOA/PB;
SEVERINO JOSÉ ATAÍDE, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de SEGUNDO SARGENTO, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar/PB, com o cargo de CONDUTOR SOCORRISTA, com lotação na Prefeitura Municipal de João Pessoa/PB;
GENILSON MARTINHO DA SILVAsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo deTERCEIRO SARGENTO, com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE JOÃO PESSOA, com o cargo de RADIO OPERADORcom lotação noFUNDO MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB;
JOSÉ HUNDEMBERG PEREIRA BARBOSA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3(30 h/semanais), com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de PROFESSOR (40h/s semanais), com lotação na Secretaria de Educação de Pernambuco;
ANACLÉA BEZERRA DOS SANTOS sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3 , com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO, com o cargo de SOLDADO ENGAJADOcom lotação na CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE JOÃO PESSOA;
DANIEL DE ANDRADE MONTENEGRO FERNANDESE sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de SOLDADO ENGAJADO ,com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR/PB, com o cargo de MÉDICO com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE BORBOREMA/PB, também com o cargo de MÉDICO com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE CACIMBA DE DENTRO /PB e também o cargo de MÉDICO com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE MATARACA/PB; MARCOS ANTÔNIO BASTOS DA SILVA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3, com lotação na PBPREV- Pessoal Inativo, com o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSCIA 3, com lotação na Secretaria de Estado da Educação, e o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 2, com lotação na Prefeitura Municipal de Santa Rita-PB;
OSVALDO RODRIGUES PINTO, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de TERCEIRO SARGENTO, com lotação no Corpo de Bombeiros Militar de Campina Grande, com o cargo de CONDUTOR SOCORRISTA, com lotação na Prefeitura Municipal de Alagoa Nova-PB;
GENILZA PAULINO DE SOUSA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de DIRETOR ESCOLAR, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de PROFESSOR A/B, com lotação na Secretaria de Educação Jovens e Adultos Efetivos-Logradouro/PB;
MÉRCIA MIRILANE ARAÚJO DE SIQUEIRA CAMPOS, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIO, com lotação na Secretaria de Estado da Administração Penitenciária/PB, com o cargo de PROFESSOR, com lotação na Prefeitura Municipal de Sertânia/PE;
DAMIÃO CELSO DE OLIVEIRA GONÇALVES sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3 , com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO, com o cargo de VEREADOR com lotação na CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DE PIRANHAS/PB com o cargo de PROFESSOR DE GEOGRÁFIA com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTE HOREBE/PB;
JOSÉ ADELMO NUNES LEITE sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3 , com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO, com o cargo de PROFESSOR com lotação na SEC. ESTADO DE PERNAMBUCO;
DIANA RIBEIRO GUIMARÃES FARIAS sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PROFESSOR SUBSTITUTO MESTRE T ,com lotação na UEPB, com o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3 com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO/PB e o cargo de PROFESSOR com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA/PB;
JOÃO PAULO SOUTO CASADO sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de CABO ,com lotação no CORPO DE BOMBEIROS MILITAR/PB, com o cargo de ENFERMEIRO com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB;
JOSÉ ROBERTO DA SILVA sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3, com lotação no SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO/PB, com o cargo de DIRETOR ESCOLAR com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO/PB e também o cargo de PROFESSOR com lotação na SEC. EDUCAÇÃO/RN;
CICERA REJANE TAVARES sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIA, com lotação na SEC. ESTADO ADM. PENITENCIÁRIA, com o cargo de PROFESSOR MAGISTÉRIO com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSE DE PIRANHAS/PB;
ADRIANA BALBINO SALES sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PRESTAÇÃO DE SERVIÇO, com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO, com o cargo de AGENTE ADMINISTRATIVOcom lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE ALAGOA NOVA/PB(SECRETÁRIA DO MUNICÍPIO);
ANTÔNIO FÁBIO DO NASCIMENTO TORRESsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BASICA 3, com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO, com o cargo de ASSISTENTE ADMINISTRATIVO com lotação na UEPB;
JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO, com lotação na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuária e Pesca, com o cargo de SUPERINTENDENTE, com lotação no Instituto do Patrimônio Histórico Artístico e Nacional (IPHAN/PB);
TICIANO DA SILVA FERREIRA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIO, com lotação na Secretaria de Estado da Administração Penitenciária/PB, com o cargo de ADVOGADO MILITANTE, com lotação na Ordem dos Advogados do Brasil/OAB-Subseção Campina Grande;
MARCELINO PEREIRA DA SILVA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de AGENTE DE SERVIÇOS AUXILIARES, com lotação na FUNDAC, com o cargo de AUXILIAR DE ENFERMAGEM, com lotação na Escola Técnica de Saúde/UFPB;
ALEX FERNANDES MENDES, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de AGENTE DE INVESTIGAÇÃO, com lotação na Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social/ PB, com o cargo de PROFESSOR, com lotação na Prefeitura Municipal de Camalaú/PB, e o cargo de PROFESSOR SUBSTITUTO MESTRE 1, com lotação na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB);
VILANIR MAIA DE MACEDO COSTAsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PERITO OFICIAL MÉDICO LEGAL, com lotação na PBPREV – PESSOAL INATIVO, com o cargo de MÉDICO PEDIATRA, com lotação na HOSPITAL INFANTIL ARLINDA MARQUES – SEC. EST. SAÚDE, o cargo de MÉDICO na MATERNIDADE FREI DAMIÃO – SEC. EST. SAÚDE, o cargo de
MÉDICO EFETIVO junto a Prefeitura Municipal de João Pessoa/PB e o cargo de MÉDICO PEDIATRA junto ao HOSPITAL ALBERTO URQUIZA WANDERLEY(COOPERATIVA);
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3 (30hs semanais), com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO TECNOLÓGICO (40hs semanais), com lotação no Instituto Federal da Paraíba (IFPB),e o cargo de ADVOGADO MILITANTE, com lotação no Escritório de Advocacia e Consultoria BOISBAUDRAN IMPERIANO/Setor Privado;
VALÉRIA MENDES VIEIRA sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de CAPITÃO, com lotação na POLÍCIA MILITAR ESTADO PARAÍBA, com o cargo de MÉDICO CIRURGIÃO PEDIATRICO com lotação na HOSPITAL INFANTIL ARLINDA MARQUES – SEC. EST. SAÚDE, o cargo de MÉDICO junto ao HOSPITAL EDSON RAMALHO – SEC. EST. SAÚDE, o cargo de MÉDICO
CIRURGIÃOjunto a MATERNIDADE CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA;
ODVALDO BARBOSA DOS SANTOS, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIO, com lotação na Secretaria de Estado de Administração Penitenciária/PB, com o cargo de GUARDA MUNICIPAL, com lotação na Prefeitura Municipal de Santo Agostinho/PE;
CLAUDIANA PEREIRA TAVARES, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de VICE-DIRETOR ESCOLAR, com lotação na Secretaria de Estado da Educação, com o cargo de PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL 1, com lotação na Prefeitura Municipal de São José de Piranhas/PB;
TAMARA DA PAZ GOMES XAVIER BORBAsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO, com lotação na SEC. ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO/PB, com o cargo de MÉDICO PEDIATRAcom lotação na HOSPITAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA – JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO PEDIATRA junto aMATERNIDADE CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA., o cargo de MÉDICO PEDIATRAjunto ao HOSPITAL ALBERTO URQUIZA WANDERLEY(COOPERATIVA) o cargo de MÉDICO PEDIATRAcom lotação na COOPED PB(COPERATIVA DOS PEDIATRAS DA PARAÍBA LTDA) JOÃO PESSOA/PB;
JOAQUIM MANOEL DE SOUSA NETO, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de SEGUNDO SARGENTO, com lotação na PBPREV Pessoal Reformado, com os cargos de SEGUNDO SARGENTO DA RESERVA, com lotação na Polícia Militar do Estado da Paraíba, e o cargo de FISCAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA, com lotação na Prefeitura Municipal de São José de Piranhas/PB;
ROSINALDO RODRIGUES DA SILVA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PRESTAÇÃO DE SERVIÇO, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de MOTORISTA, com lotação na Prefeitura Municipal de Caldas Brandão/PB;
MARIA DO CARMO BARRETO DE AZEVEDO sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA E OBSTRETA, com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE/PB, com o cargo de MÉDICO com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA E OBSTRETAjunto aoHOSPITAL E MATERNIDADE FLÁVIO RIBEIRO COUTINHO – (FUNDAÇÃO PRIVADA) eo cargo de MÉDICO CIRURGIÃO GERAL junto ao HOSPITAL E MATERNIDADE FLÁVIO RIBEIRO COUTINHO – (FUNDAÇÃO PRIVADA);
LISE REIS MELOsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO, com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE/PB, com o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE e o cargo de MÉDICO junto a PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB;
MARIA DE LOURDES MARQUES DOS SANTOS, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3 (INATIVO), com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de DIRETOR ESCOLAR, com lotação na Secretaria de Estado da Educação, e o cargo de PROFESSOR, com lotação na Prefeitura Municipal de Duas Estradas/PB;
LEONARDO FONSECA DE ANDRADE sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO UROLOGISTA, com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE/PB(HOSPITAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA) JOÃO PESSOA/PB, com o cargo de MÉDICO UROLOGISTAcom lotação na SEC. ESTADO SAÚDE(HOSPITAL EDSON RAMALHO) JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO UROLOGISTA junto ao HOSPITAL MUNICIPAL SANTA ISABEL PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO UROLOGISTA junto a MATERNIDADE CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO UROLOGISTA com lotação no HOSPITAL SANTA LÚCIA(SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA) JOÃO PESSOA/PB e o cargo de MÉDICO UROLOGISTA junto ao CONSULTÓRIO MÉDICO DR. LEONARDO FONSECA DE ANDRADE(SETOR PRIVADO);
JOÃO PAULO DE OLIVERIA GOMES, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de PROFESSOR, com lotação na Prefeitura Municipal de Limoeiro/PE;
JULIANA RAMALHO DE VASCONCELOSsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO REQUISITADO, com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE/PB, com o cargo de MÉDICO PEDIATRA com lotação na MATERNIDADE CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO PEDIATRA junto ao HOSPITAL UNIVERSITÁRIO LAURO
WANDERLEY(EMPRESA PÚBLICA) e o cargo de MÉDICO junto ao ENDOCENTER UNIDADE DO FÍGADO E  ASTROENTEROLOGIA(SOCIEDADE SIMPLES LIMITADA);
GERSON FLORIANO DOS SANTOS, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 1, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO, com lotação na Universidade Federal da Paraíba (UFPB);
GERLÂNIO FERREIRA MANGUEIRA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de SOLDADO ENGAJADO, com lotação na Polícia Militar do Estado da Paraíba, com o cargo de AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS, com lotação na Prefeitura Municipal de São José de Piranhas/PB;
JOSETE MARQUES XAVIERsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO,com lotação na PBPREV(PESSOAL INATIVO), com o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE (MATERNIDADE FREI DAMIÃO) JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO CLÍNICOjunto ao HOSPITAL CÀNDIDA VARGAS PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA junto a MATERNIDADE CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA com lotação no HOSPITAL ALBERTO URQUIZA WANDERLEY – JOÃO PESSOA/PB (COOPERATIVA);
CARLOS HENRIQUE CLEMENTE DA SILVA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de ASSESSOR DO SUPERINTENDENTE, com lotação na SUPERINTENDÊNCIA DE OBRAS DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO ESTADO (SUPLAN), com o cargo de PRESTAÇÃO DE SERVIÇO, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB;
JOSÉ PAULO WAMBERTO RAMALHOsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de CAPITÃO,com lotação na POLICIA MILITAR ESTADO PARAÍBA, com o cargo de MÉDICO com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE, o cargo de MÉDICO CIRURGIÃO GERALjunto ao COMPLEXO HOSPITALAR CLEMENTINO FRAGA/ADM PÚBLICA ESTADUAL, o cargo de MÉDICO CIRURGIÃO
GERALjunto a HOSPITAL EDSON RAMALHO/ADM PÚBLICA ESTADUAL, o cargo de MÉDICO CIRURGIÃO GERALcom lotação no HOSPITALSANTA ISABEL PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA, e o cargo de MÉDICO CIRURGIÃO DO APARELHO DIGESTIVO com lotação na FUNDAÇÃO NAPOLEÃO LAUREANO – FUNDAÇÃO PRIVADA(JOÃO PESSOA/PB);
BRUNO CÉSAR BEZERRA NÓBREGA DE SOUSA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3 (30hs semanais), com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de FÍSICO (40hs semanais), com lotação na Universidade Federal da Paraíba (UFPB);
 JOSÉ RIBEIRO FARIAS JUNIOR sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE, o cargo de MÉDICO PEDIATRA junto ao INSTITUTO CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO PEDIATRA junto a CLINIDAD – CLINICA DA CRIANÇA E DO ADOCELENTE – JOÃO PESSOA/ PB(SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA), o cargo de MÉDICO PEDIATRAcom lotação no HOSPITAL RODRIGUES DE AGUIAR(SOCIEDADE SIMPLES LIMITADA) JOÃO PESSOA/PB, e o cargo de MÉDICO PEDIATRA com lotação na HOSPITAL ALBERTO URQUIZA WANDERLEY – JOÃO PESSOA/PB (COOPERATIVA);
ANTÔNIO RODRIGUES DE SOUZA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PRESTADOR DE SERVIÇOS/APOIO, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com  cargo de PROFESSOR, com lotação na Prefeitura Municipal de João Pessoa/PB;
 JOSÉ PAULO GOMES sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETAjunto a MATERNIDADE CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETAjunto a HOSPITAL MUNICIPAL SANTA ISABEL – JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA com lotação no CLIM- JOÃO PESSOA/PB(SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA), e o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA com lotação na HOSPITAL ALBERTO URQUIZA WANDERLEY – JOÃO PESSOA/PB (COOPERATIVA); 
JOSÉ MANGUEIRA RAMALHOsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO com lotação na PBPREV(PESSOAL INATIVO), o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETAjunto a HOSPITAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENAODR HUMBERTO LUCENA – JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA junto MATERNIDADE CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA com lotação noHOSPITAL SANTA LÚCIA – JOÃO PESSOA/PB(-SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA), o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA com lotação na HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO – JOÃO PESSOA/PB(ASSOCIAÇÃO PRIVADA), e o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETA junto ao CONSULTÓRIO DR. EVÉRTON NUNES RAMALHO – JOÃO PESSOA/PB(SETOR PRIVADO);
JOSÉ MANGUEIRA RAMALHOsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO com lotação na PBPREV(PESSOAL INATIVO), o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETAjunto a HOSPITAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENAODR HUMBERTO LUCENA – JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETAjunto MATERNIDADE
CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETAcom lotação noHOSPITAL SANTA LÚCIA – JOÃO PESSOA/PB(-SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA), o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETAcom lotação na HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO – JOÃO PESSOA/PB(ASSOCIAÇÃO PRIVADA),
e o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA OBSTRETAjunto ao CONSULTÓRIO DR. EVÉRTON NUNES RAMALHO – JOÃO PESSOA/PB(SETOR PRIVADO);
 
ANA DANIELA NOGUEIRA MORAIS sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de MÉDICO com lotação na SEC. ESTADO SAÚDE SANTA LUZIA/PB, o cargo de MÉDICO junto a SEC. ESTADO SAÚDE PATOS/PB, o cargo de MÉDICO PEDIATRAjunto INSTITUTO CÂNDIDA VARGAS – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB, o cargo de MÉDICO PÉDIATRAcom lotação noAFETO CLINICA DE ATENÇÃO À CRIANÇA(SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA-SETOR PRIVADO);
 RAYNIER CASTRO ISIDRO, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de AGENTE DE INVESTIGAÇÃO, com lotação na Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social, com o cargo de PROFESSOR-PB3, com lotação na Prefeitura Municipal de Barra de Santana;
WANDENKOL GOUVEIA COSTAsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de TÉCNICO DE ENFERMAGEM(SAMU)com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DA LAGOA TAPADA/PB, o cargo de TÉCNICO DE ENFERMAGEM(SAMU)com lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DE PIRANHAS/PB e o cargo de PRESTAÇÃO DE SERVIÇO
junto a SEC. DE ESTADO DA SAÚDE/PB;
WILSON ALMEIDA SANTOS, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS, com lotação na Universidade Federal da Paraíba (UFPB);
EDME VALE PEREIRA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de ASSISTENTE ADMINISTRATIVO, com lotação na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB);
 JOSÉ LOPES BRASILEIRO, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de MÉDICO, com lotação na Secretaria de Estado da Saúde, com o cargo de MÉDICO, com lotação na Secretaria de Estado da Saúde/PB, o cargo de MÉDICO CLÍNICO, com lotação no Hospital Municipal DR Oseas Alves Mangueira/São José de Piranhas/PB, o cargo de MÉDICO GINECOLOGISTA E OBSTRETA, com lotação no Hospital Municipal DR Oseas Alves Mangueira/São José de Piranhas-PB, e o cargo de DIRETOR DE SERVIÇOS DE SAÚDE, com lotação no Hospital Municipal DR Oseas Alves Mangueira/ São José de Piranhas-PB;
 
 ARTHUR TORRES DE ARAÚJO, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3 (30hs/semanais), com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de PROFESSOR DO MAGISTÉRIO SUPERIOR (40hs/semanais), com lotação na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE);
DANIEL ABRAÃO DE ANDRADE DE LIMA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de APOIO DE NÍVEL MÉDIO TEMPORÁRIO, com lotação na Secretaria de Estado da SAÚDE/PB, com o cargo de GUARDA MUNICIPAL, com lotação na Prefeitura Municipal de Pitimbu/PB;
 ALESSANDRA DOS SANTOS LIMA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de SECRETARIO ESCOLAR, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de AGENTE DE VIGILÂNCIA AMBIENTAL, com lotação na Prefeitura Municipal de João Pessoa-PB;
JOMAR PAULO NETO, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de MÉDICO, com lotação na Secretaria de Estado da Saúde/PB, com os cargos de MÉDICO, com lotação na Prefeitura Municipal de João Pessoa, e o cargo de MÉDICO, com lotação na Prefeitura Municipal de Goiana/PE;
RENÊ DE LIRA CARVALHOsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PRESTAÇÃO DE SERVIÇO, com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO, com o cargo de ELETRICISTAcom
lotação na PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSE DE PIRANHAS/PB;
JOSE JUDIVAN DE LIMAsob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de QUIMICO, com lotação na SEC. ESTADO DE SAÚDE, com o cargo de VEREADOR – PRESIDENTEcom lotação na CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSE DE PIRANHAS/PB; 
BENEDITO VALDY ENEDINO sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de AUXILIAR E SERVIÇO, com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO, com o cargo de ELETRICISTA com lotaçãona FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE – PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA/PB e também o cargo de ARTÍFICE À DISPOSIÇÃO com lotação no INSTITUTO CÂNDIDA VARGAS
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA;
EVERTON DE OLIVEIRA TEIXEIRA sob a materialidade de acumular ilicitamente o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3 (30HS/S SEMANAIS), com lotação na SEC. ESTADO DA EDUCAÇÃO, com o cargo de TÉCNICO DE LABORATÓRIOcom lotação na UFPB;
FABIANA SANTANA DE ALMEIDA SILVEIRA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de FARMACÊUTICO, com lotação na Prefeitura Municipal de Patos-PB;
MARIA LUIZA CUNHA MARQUES, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de MÉDICO, com lotação na Secretaria de Estado da Saúde/PB (IPEP INATIVO) com o cargo de MÉDICO, com lotação na Secretaria de Estada da Saúde (PBPREV PESSOAL INATIVO), o cargo de MÉDICO PEDIATRA, com lotação na Maternidade Cândida Vargas, com o cargo de MÉDICO PEDIATRA, com lotação no Hospital Materno Infantil João Marsicano, o cargo de MÉDICO PEDIATRA, com lotação no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, com o cargo de MÉDICO PEDIATRA, com lotação no Consultório Médico DR.Gilca de Carvalho; 
MARIA DE FÁTIMA PEREIRA, sob a materialidade de acumular ilicitamente, o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA 3, com lotação na Secretaria de Estado da Educação/PB, com o cargo de TÉCNICO EM LABORATÓRIO, com lotação na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB);


Redação

Jovem é morto na madrugada em Patos

Jovem é morto na madrugada desta sexta-feira (22) em Patos
Um jovem de idade ainda não revelada, foi morto na madrugada desta sexta-feira, 22 de junho, aqui em Patos. Segundo as primeiras informações apuradas pela imprensa, a vítima é Cirilo da Silva, e o fato foi registrado na Zona Sul da cidade, nas proximidades da Alça Sudoeste, em uma localidade de acampamento de alguns Sem Teto.

O corpo apresentava uma perfuração profundo na nuca, que ainda não foi identificada como sendo de tiro, ou objeto perfuro cortante.







 Patosonline

Em Nova Floresta/PB: Ex-vereador é assassinado com vários tiros

Ex-vereador é assassinado com vários tiros na ParaíbaO ex-vereador conhecido como Carlinhos de Zé Ranofo foi assassinado a tiros na manhã desta sexta-feira (22), no ‘Sítio Flores’, zona rural de Nova Floresta, no Curimataú do Estado.

Segundo a Polícia Militar, a vítima foi morta com vários tiros de pistola calibre 380. Uma motocicleta foi localizada ao lado do corpo da vítima.

O ex-vereador morreu na hora.  A polícia segue em diligências na tentativa de identificar e prender quem praticou o crime.







Wscom

Filho é preso acusado de espancar a mãe

Filho é preso acusado de espancar a mãe A Polícia Militar da cidade de Conceição foi acionada e prendeu, por volta das 22h, desta quinta-feira (21), José Menino Filho, acusado de espancar com um barrote de madeira a sua própria genitora Tereza Nogueira da Silva, de 75 anos de idade. O crime ocorreu na residência da mãe, localizada na rua Francisca Leite Martildes, no bairro Nossa Senhora de Fátima.

De acordo com informações do Cabo Júlio, plantonista do Copom da 2ª Companhia de Polícia Militar, depois de acionada, uma guarnição se deslocou para o local, onde encontrou o acusado detido por populares, depois de espancar sua genitora com um barrote de madeira. Os golpes acertaram a vítima na cabeça, ocasionando um grande sangramento.

A mulher foi socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o hospital e Maternidade Caçula Leite, onde recebeu atendimento, foi medicada e ficou internada. Já o acusado foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado, para em seguida, ser conduzido para a Cadeia Pública, onde ficará à disposição da justiça.




V  P N


Divulgado edital do concurso da Polícia Militar de Alagoas

Divulgado edital do concurso da Polícia Militar de Alagoas
Na manhã desta sexta-feira (22), a Secretaria de Estado do Planejamento e gestão (Seplag) publicou o edital do concurso para soldado combatente da Polícia Militar de Alagoas (PM-AL).
O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), ao todo estão sendo ofertadas 500 vagas para o cargo de soldado combatente.
As inscrições devem ser realizadas no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), empresa responsável pelo certame, entre as 10h da próxima segunda-feira (25) e 18h do dia 24 de julho. A taxa de inscrição é de R$ 95.
O salário inicial e de R$ 1.453,14 para o Soldado Aluno, e de R$ 3.744,47 após a conclusão do Curso de Formação de Praças.


Forças de segurança realizam intervenção em duas comunidades do Rio de Janeiro

Forças de segurança do Gabinete de Intervenção na Segurança Pública do Rio de Janeiro realizam, na manhã desta quinta (21), uma operação em duas comunidades da Zona Sul do Rio. Os militares estão nas favelas da Babilônia e Chapéu Mangueira.

Quase dois mil homens participam da operação, sendo 1,8 mil militares das Forças Armadas, 50 policiais militares e duas equipes do corpo de bombeiros com cães. A ação também conta com o apoio de equipamento de engenharia para a retirada de barricadas, veículos blindados e aeronaves.

De acordo com o Comando Conjunto, as ações envolvem cerco e estabilização da área. Serão feitas ainda revistas de pessoas e de veículos, e checagem de antecedentes criminais.

A Marinha faz bloqueios nas áreas marítimas e a Aeronáutica coordena a segurança de voos que passam pela região.

A Aeronáutica coordena e atua com as aeronaves, além de intensificar a segurança dos voos cujas rotas estão na área de operações.



G1

Túmulo de sargento da Polícia Militar é violado na Paraíba

Durante uma visita ao túmulo onde foi enterrado o corpo do sargento J. Lúcio, da Polícia Militar (PM), a família descobriu que o local foi violado por desconhecidos. A constatação aconteceu na tarde desta quarta-feira (20). Em entrevista à imprensa, a esposa do militar disse estar consternada com a situação.

“Minha filha de três anos acompanhou a situação, ficou agitada na hora que viu. Eu desconfio que alguém veio diretamente no túmulo dele porque se fosse pra roubar, existem outros túmulos mais chamativos. O dele é simples, não tem nada”, afirmou.

Ainda segundo os familiares, a direção do cemitério disse que “não há indícios ou informações de quem teria violado o túmulo”.

O sargento foi assassinado na madrugada do dia 15 de março de 2018, dentro do alojamento do Centro de Educação da Polícia Militar da Paraíba, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

O sargento J. Lúcio, do município de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, foi morto com um tiro, de acordo com o diretor do Centro de Educação. Outro militar foi acusado de realizar os disparos cuja motivação foi alvo de investigações da Polícia Civil.



Redação

STJ decide restringir foro privilegiado de governadores

Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu hoje (20) restringir sua competência para julgar casos relativos a governadores, desembargadores e outras autoridades, conforme previsto na Constituição.

Com a decisão do tribunal, governadores e membros de tribunais de contas dos estados vão continuar respondendo a processos no STJ somente se o crimes que lhe são imputados ocorreram quando estavam no cargo ou relacionados com o mandato. Caso contrário, as acusações serão enviadas para a primeira instância da Justiça.

A medida foi tomada a partir da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, no mês passado, restringiu o foro por prorrogativa de função, conhecido como foro privilegiado, para deputados e senadores.

A questão oomeçou a ser julgada em maio, quando a Corte passou a analisar se o STJ poderia, por iniciativa própria, também adotar algum tipo de restrição ao foro privilegiado.


O caso concreto que levou o tema a debate na Corte Especial diz respeito a um conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal denunciado por estelionato pelo Ministério Público Federal (MPF). O crime teria sido cometido quando ele era deputado distrital, cargo que não tem foro no STJ.

Composta pelos 15 ministros mais antigos do STJ, a Corte Especial é o colegiado a quem cabe julgar ações penais contra pessoas com foro no tribunal superior, onde tramitam atualmente 200 processos do tipo, sendo 93 inquéritos e 72 ações penais.



Agência Brasil


TJ nega prisão domiciliar a genro acusado de mandar matar empresário

O desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos negou o pedido de liminar feito por Cícero Antônio da Cruz Almeida, que requeria a substituição da prisão temporária por prisão domiciliar, alegando quadro de saúde debilitado e necessidade de acompanhamento. Ele é investigado pela prática de homicídio qualificado contra a vítima, que era seu sogro, o empresário paraibano Arnóbio Ferreira Nunes, conhecido como Arnóbio Teimoso. O crime ocorreu no dia 24 de novembro de 2017, no bairro de Manaíra, em João Pessoa.
O relator entendeu que o pedido feito no HC nº 0803356-49.2018.8.15.0000 não possuía um dos requisitos para a concessão da medida cautelar – a ‘fumaça do bom direito’ – em virtude de supressão de instância na apreciação dos documentos médicos acostados aos autos.
A defesa alegou que Cícero Antônio enfrenta um quadro pós-operatório de cirurgia bariátrica, necessitando de todo acompanhamento médico-nutricional e multidisciplinar, com observância de rigidez de horários, de suplementações alimentares e utilização de remédios, conforme documentos médicos acostados aos autos. Por este motivo, requereu, em sede de liminar, a substituição da prisão temporária por prisão domiciliar, com autorização de saída para atendimentos médicos que se fizerem necessários, com a devida informação ao Juízo.
Aduziu que há existência de risco à integridade física, à saúde, e, até mesmo, à vida do paciente, já que as necessidades clínicas do réu demandam um acompanhamento médico incompatível com o prestado no sistema penitenciário local. Ressaltou, ainda, que, ele está recolhido deste 07/06/2018, e, desde então, ainda não houve a oitiva perante a autoridade policial.
No mérito, pleiteou revogação da prisão temporária, sob o argumento de inexistência dos requisitos autorizadores do cárcere. Caso mantido o cárcere, foi solicitada a transferência do investigado para o 5º Batalhão da Polícia Militar, visto que o local dispõe de atendimento ambulatorial em caso de emergência.
Ao apreciar o pedido, o relator do processo afirmou que não estão presentes um dos pedidos autorizadores da medida cautelar e que a ‘fumaça do bom direito’, necessária para concessão da medida, não está consubstanciada. O desembargador Márcio Murilo explicou que os documentos que comprovam a submissão do paciente a um procedimento médico complexo (cirurgia bariátrica) não foram objeto de apreciação pelo juiz de primeiro grau, durante a audiência de custódia, o que revela ‘indevida supressão de instância a análise do pleito’.
“Num juízo preambular, próprio deste momento processual, entendo que, diante da eventual supressão de instância, a matéria em questão, nos termos dos documentos apresentados pela defesa para apreciação, diretamente, por este órgão colegiado, restará, possivelmente, não conhecida”, argumentou.
O caso – Arnóbio Ferreira Nunes tinha 77 anos e era engenheiro e sócio de uma construtora. Conforme investigações policiais, a suspeita é de que o homicídio tenha sido encomendado pelo seu genro Cícero Antônio da Cruz Almeida, pelo valor de R$ 120 mil. A prisão do suspeito fez parte da fase Epílogo da Operação Expurgo.
A Polícia Civil prendeu Antônio Cícero, conhecido como Toni, no dia 7 de junho. Além do genro do empresário, outras seis pessoas foram presas por envolvimento no assassinato.

Da Redação
Com Parlamento PB

Pedro assina proposta para diminuir número de deputados e senadores

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) assinou, nessa terça-feira (19), uma proposta que reduz o número dos atuais 513 deputados para 386, e dos 81 senadores 54, sendo apenas dois por estado.
De acordo com Pedro Cunha Lima, a diminuição no número de parlamentares geraria uma economia de R$ 1,3 bilhão em quatro anos.
“Esse plenário (da Câmara), vocês sabem, é improdutivo, é ineficiente, é inoperante. É um absurdo não só o custo desse legislativo, mas o resultado que ele produz. São sessões que se espremer não dá quase nada e eu sou favorável a proposta, porque, sobretudo, em regra, defendo a mudança”, falou o deputado.
Para avançar na Câmara, é necessária 171 assinaturas. A proposta também assegura os mandatos dos atuais deputados e senadores que ocupam as vagas a serem extintas.


Da Redação
Com Portal Correio