Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Bispo quer que Temer interfira em bancos públicos para financiar mais igrejas

O bispo Robson Rodovalho, fundador da Igreja Sara Nossa Terra - frequentada por Eduardo Cunha (PMDB) - e presidente da Confederação de Pastores pediu a Michel Temer que desse um jeito de direcionar linhas de financiamento de bancos privados e públicos para a construção de igrejas evangélicas.

Segundo informações do Painel da Folha, esse pedido de "lobby" é feito a Temer e ao ministro Henrique Meirelles (Fazenda) desde julho, quando o peemedebista assumiu a cadeira de Dilma Rousseff por decisão do Senado no processo de impeachment.

O pedido afronta o inciso I do artigo 19 da Constituição Federal, que afirma que “o poder público não pode subsidiar cultos religiosos ou igrejas ou manter com eles relações de dependência".

Na visão de Rodovalho, as igrejas merecem ser tratadas como "clientes comuns". "Hoje, diz, quando tentam pegar empréstimos, as instituições não aceitam."

"A demanda de Rodovalho é que o governo ajude na articulação com os conselhos de administração dos bancos."

Segundo o bispo, o patrimônio das igrejas, conquistado com o pagamento de dízimo pelos fiéis e com doações, é apresentado aos bancos como garantia, mas nenhuma aceita.

A Sara Nossa Terra tem cerca de 3 milhões de seguidores.




jornalggn

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM