Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Veja o que disse Cunha após sua prisão

 Preso nesta quarta-feira, dia 19, por ordem do juiz federal Sérgio Moro, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, fez uma publicação em sua página no Facebook.

Em seu depoimento, Cunha afirmou que a decisão da prisão é "absurda" e que seus advogados "tomarão as medidas cabíveis".


Leia a primeira mensagem do ex-deputado após sua prisão:

"Trata-se de uma decisão absurda, sem nenhuma motivação e utilizando-se dos argumentos de uma ação cautelar extinta pelo Supremo Tribunal Federal. A referida ação cautelar do Supremo, que pedia minha prisão preventiva, foi extinta e o juiz, nos fundamentos da decretação de prisão, utiliza os fundamentos dessa ação cautelar, bem como de fatos atinentes a outros inquéritos que não estão sob sua jurisdição, não sendo ele juiz competente para deliberar", escreveu Cunha.

"Meus advogados tomarão as medidas cabíveis para enfrentar essa absurda decisão", completou.

Segundo a Polícia Federal, a prisão do deputado é preventiva. Às 15h, Cunha embarcou no avião da Polícia Federal que o levará a Curitiba.

Cunha é réu em processos da Operação Lava Jato que estão sob a responsabilidade de Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. A ordem de prisão foi expedida por Moro na última terça-feira, 18. Também foi decretado o bloqueio de bens de Cunha no valor de R$ 220.677.515,24.

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM