Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Vídeos vazam em redes sociais com suposta agressão de secretário contra namorada “de menor”

video-celio-alves-suposta-agressao-a-menor-namorada-20out2016
A Paraíba foi literalmente sacudida nesta quinta-feira (dia 20), com o vazamento de vários vídeos que caíram em redes sociais, trazendo uma suposta agressão física e moral do secretário-adjunto Célio Alves (Comunicação) contra sua namorada, a menos K.H., de 16 anos. O fato teria ocorrido em 12 de outubro, após o desentendimento entre os dois.

No vídeo, a menor sinaliza ter sido agredida pelo jornalista, enquanto ele, que realiza as filmagens, afirma que, na verdade, ela estava querendo se suicidar, pulando de uma varanda do 4º andar de seu apartamento, em João Pessoa. Nos vários vídeos, é possível verificar que vários objetos do apartamento foram destruídos e estão com os estilhaços pelo chão.

No vídeo, ela afirma que ele a feriu nos lábios, enquanto ele nega e diz que foi ela que bateu com a boca na bacia sanitária. Revoltada, ela diz que desejaria que ele morresse, que pegasse um câncer, enquanto ele segue filmando e tentando mostrar que a menor estava desequilibrada.

Segundo a advogada Laura Berquó, que foi chamada para ser testemunha da menor, K foi agredida física e moralmente pelo jornalista, e que deverá ser processado por pedofilia e por infração à Lei Maria da Penha, que trata de agressões cometidas contra mulheres, especialmente por parceiros.

O Governo do Estado não se manifestou sobre o episódio, pelo menos até a noite desta quinta-feira (dia 20).

CONFIRA UM DOS VÍDEOS NO YOUTUBE









Helder Moura







OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM