Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Ator anão de Ilha da Fantasia e 007 era “um maníaco sexual”, diz ex-James Bond

O ex-007 Roger Moore participou de um evento com fãs em Londres e acabou revelando sua animosidade com o ator Hervé Villechaize, que interpretou o anão Nick Nack, assistente do vilão de 007 Contra o Homem com a Pistola de Ouro (1974).
“Ele era um homem pequeno, e ele me tocava e eu costumava dizer ‘não me toque, você tem uma doença’. E não estava falando do tamanho dele, não era isso! Não estava sendo cruel. É que ele era um maníaco sexual. A luxúria dele por mulheres não era natural”, comentou o ator.
“Quando estávamos filmando em Hong Kong, ele ia aos clubes de mulheres com uma lanterna e ia apontando para todas ‘você sim, você não’. Quando perguntei com quantas mulheres ele havia dormido, ele disse 35. Eu disse que não contava se você tinha pagado, e ele disse que às vezes, mesmo pagando, elas recusavam”, disse ainda Moore.
“O pobre homem nunca podia ficar em um quarto que não fosse no primeiro andar de um hotel, porque não alcançava os botões do elevador”, concluiu. Villechaize, que também ficou conhecido por estrelar a série Ilha da Fantasia (1977-1983) faleceu aos 50 anos devido a complicações de seu distúrbio hormonal.

Hervé Villechaize cometeu suicídio com um tiro em Hollywood (Los Angeles, Califórnia), 04 de setembro de 1993, 50 anos, seu bilhete chegou pouco antes do relatório em uma nota a explicar por que ele tinha chegado a esta situação trágica.

Transcrição da nota: 03 de Setembro de 1993

"Eu faço a coisa certa. A partir dos seis anos de idade, eu sabia que não havia lugar para mim. Quem poderia acreditar que não é meu melhor amigo ilegível chamar minha mãe para atender a Q's. Espero que ela não vai incomodar. Eu ainda estou vivo. Por favor, saibam que Katthy tem direito segundo as leis da minha saúde e meus pertences estão em Katthy incluindo os direitos de minhas obras, filmes e textos, etc. Eu também te amo, que é apenas um dos meus problemas. Mãe! Meus irmãos e você não existe em meu coração, você simplesmente não se importam, mas mesmo nunca, desde 1955, lembra? Katthy fez o melhor que podia. Você não. Então, ela merece tudo.


Isto vai por um pouco ... Eu não posso perder com uma bala dum dum - Ha! Ha! Ninguém sabia que a minha dor - 40 anos - ou mais. Eu tenho que fazer isso lá fora, dá menos problemas."






OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM