Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Idoso Mata Cadela com golpes de foice na frente da Dona

Lassie foi morta a golpes de foice após se aproximar de idoso em Itanhaém (Foto: Veronica Rodrigues / Arquivo Pessoal)
Uma cadela foi morta a golpes de foice em Itanhaém, no litoral de São Paulo, na frente de suas donas. De acordo com relatos de testemunhas o caso aconteceu no bairro Gaivotas e o animal, que estava acima do peso e se locomovia com dificuldades, foi farejar o suspeito, que passava pela rua, quando foi atacado.


A profissional de relações públicas Veronica Rodrigues de Oliveira afirma que estava na frente de sua casa esperando a filha adolescente chegar quando o caso ocorreu. “Eu moro em uma rua em que não vive praticamente ninguém porque muitas das casas são de veraneio. Nesse dia eu estava varrendo a rua e retirando lixo quando esse senhor passou de bicicleta e minha cadela, a Lassie, se aproximou dele”, afirma.

O idoso, que de acordo com Veronica possui 63 anos, carregava uma foice nas costas e desceu da bicicleta antes de atacar a cadela. “Ele levantou e passou a foice na barriga da minha cachorra, que morreu na hora. Quando eu percebi o que estava acontecendo fui pra cima dele com minha vassoura e ele veio pra cima de mim com a foice. Meus outros cães viram o que estava acontecendo e foram tentar me defender e nisso ele tentou matar eles também”.

Ela afirma que nesse momento usou a vassoura que levava nas mãos e começou a empurrar o idoso para longe dela e de seus animais. “Fui empurrando ele com a vassoura e ele ainda ficou ofendido porque empurrei a foice dele. Tenho vídeos de várias testemunhas de pessoas ao meu favor”, afirma.

Dona de Lassie afirma que não irá deixar suspeito passar impune (Foto: Veronica Rodrigues / Arquivo Pessoal)Em seguida, ela acionou a polícia e afirma que registrou um boletim de ocorrência antes dos próprios agentes terem ido até a casa do suspeito, que afirmou ter sido ferido pela mulher. “Ele ainda enrolou uma faixa no braço para dizer que tinha sido ferido. Ninguém suporta esse homem aqui, ele se acha no direito de fazer o que quiser só porque é idoso. Já ficamos sabendo que ele uma vez matou um gato atirando ele para um outro cachorro porque não queria que o bicho ficasse perto da casa dele. É um assassino, um demente”.

Veronica afirma que ficou assustada com a atitude do homem e diz que tem receio de que ele possa repetir o feito ou até mesmo atacar outras pessoas. “Uma pessoa que anda com uma foice e mata um cão de maneira tão cruel com certeza pode matar outra pessoa. Quero me mudar daqui agora, mas isso não pode passar em branco, se ele sair impune, ele pode fazer isso com qualquer pessoa”, conclui.

O crime chamou a atenção de diversas associações protetoras de animais e o caso acabou sendo divulgado por meio das redes sociais, onde um abaixo-assinado online reúne assinaturas para que o Ministério Público abra um inquérito para que o suspeito seja localizado pelas autoridades e punido pelo crime.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a polícia apura o caso. O G1 tentou entrar em contato com o aposentado que atacou o animal mas, até o fechamento desta reportagem, não houve retorno.

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM