Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Família recusa oferta de US$ 7 milhões do Google para vender sua casa

Uma família da região do Vale do Silício está enfrentando uma pequena batalha para não vender sua propriedade, que fica no meio da sede em expansão do Google.

A empresa já ofereceu de US$ 5 milhões a US$ 7 milhões pelo pedaço de terra, que mede menos de 4.000 metros quadrados, mas o valor foi recusado. O resultado: a casa agora é cercada por todos os lados pela gigante de buscas.

A pequena propriedade conta com pés de figo, pimentas, tangerinas e abacates, muitos dos quais foram plantados pelo patriarca da família, Victor Molinari, que faleceu há cinco anos.

“No momento, não precisamos de dinheiro. A propriedade não está à venda. Mantendo o terreno, manteremos nossa história”, explicam Leonard Martinelli e sua irmã, Sandra Martinelli.

A história a que se referem os Martinelli não é somente a da família. Com as transformações, o passado agrícola de Montain View acaba sendo perdido. “Eu não acredito que ninguém veja algum significado histórico neste local. Eventualmente, todas essas propriedades serão destruídas”, explica o vereador Leonard Siegel.

Por enquanto, a família Martinelli resiste à venda do imóvel. Questionado, o Google se recusou a comentar o caso.

 The Guardian

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM