Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Prefeito eleito de Cajazeiras diz que Ricardo Coutinho só tem “conversa fiada”

O deputado José Aldemir (DEM), eleito prefeito do município de Cajazeiras, assume o cargo já de relações cortadas com o governador Ricardo Coutinho (PSB), a quem atribuiu só ter “conversa fiada” por não cumprir com o que promete.

Para o deputado, de nada adiantou a audiência recente que manteve com o gestor estadual.

Em entrevista a imprensa concedida nesta terça-feira (13), o deputado disse que não vai aceitar que o governo do Estado leve uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) ao município para ficar sob a responsabilidade da administração municipal.

“Não tenho o menor interesse. O município vai cumprir somente com que lhe compete referente ao setor de Saúde”, disse.

Segundo ele, o governador quer transferir o que é de sua lavra ao município para depois não cumprir com os critérios adotados.


O deputado informou que uma UPA custa em torno de R$ 800 mil e como não há repasse de recursos do governo não tem como o município arcar com as despesas.

O prefeito eleito também reclamou sobre o não atendimento do seu pleito ao governo do Estado para fazer o recapeamento asfáltico da cidade, cuja ação teria sido também uma promessa de campanha de Ricardo Coutinho para a candidata dele, Dra Denise.

“Ele anunciou que ia começar antes da eleição e não começou. Foi apenas conversa fiada, sem dúvida alguma, e agora disse que dependia de um empréstimo que estava tentando e, se conseguisse, Cajazeiras estaria inserida no programa, mas é mais uma conversa fiada. Quando ele afirmou que faria antes da campanha, foi apenas com o objetivo eleitoreiro”, disse.




 (Hacéldama Borba)

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM