Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Retrospectiva 2016: Cenas de sexo que apimentaram a TV brasileira. Confira

O ano de 2016 também ficará marcado pela ousadia dos autores de produções da televisão.

Em algumas séries e novelas, cenas de sexo foram vistas e comentadas pelos telespectadores durante todo do ano.

A Globo foi quem levou o título de maior divulgadora de cenas quentes.

As séries “Nada Será Como Antes” e “Justiça” aparecem na lista, juntamente com a novela “Liberdade, Liberdade”. Até “Malhação” não escapou. Confira:

Mateus Solano e Joana Solnado

(Foto: Reprodução)

Interpretando o vilão Rubião, Mateus fez amor com Anita, vivida por Joana. Ela não foi a única. As escravas de “Liberdade, Liberdade” não escaparam das garras do intendente de Vila Rica. O horário ajudava no realismo da cena.

Maitê Proença e David Junior

(Foto: Reprodução)

Não tem como falar de “Liberdade, Liberdade” e não lembrar da cena entre Dionísia e Saviano. Ela escolheu o rapaz como escravo sexual, que atendia todos os seus pedidos.

Caio Blat e Ricardo Pereira

(Foto: Reprodução)

E para finalizar “Liberdade, Liberdade”, a tão comentada primeira cena de sexo gay na TV, entre André e Tolentino. As imagens não foram tão explícitas como as protagonizadas por Marquezine, mas foi o suficiente para emocionar o público e entrar para a história da TV.

Nicolas Prattes e Marina Moschen 

(Foto: Reprodução)

Exibida no final de tarde, “Malhação: Seu Lugar no Mundo” também não ficou de fora. Rodrigo (Nicolas Prattes) e Luciana (Marina Moschen) transaram pela primeira vez em uma das cenas mais aguardadas pelo público teen.

Marina Ruy Barbosa e Jesuíta Barbosa

(Foto: Reprodução)

Nas séries, a ousadia foi ainda maior. Em “Justiça”, Marina Ruy Barbosa e Jesuíta Barbosa, que deram vida a Isabela e Vicente, respectivamente, protagonizaram cenas picantes logo no início da atração.

Marina Ruy Barbosa e Pedro Lamin

(Foto: Reprodução)

Ainda em “Justiça”, a personagem Marina Ruy Barbosa arranjou outro para fazer sexo. Na pele de Isabela, a atriz transou com o parceiro Otto, Pedro Lamin, no box de um banheiro. A cena quente, no entanto, não terminou bem: ela foi pega no flagra por Vicente e acabou morta a tiros pelo namorado.

Bruna Marquezine e Daniel de Oliveira

(Foto: Reprodução)

Até Bruna Marquezine, que o grande público acompanha seus papéis desde pequena, apareceu em cena pra lá de quente. Interpretando Beatriz em “Nada Será Como Antes”, ela foi companheira de Daniel de Oliveira, recebeu sexo oral do ator e apareceu totalmente nua.

Bruna Marquezine e Jesuíta Barbosa

(Foto: Reprodução)
Fotos: TV Globo

Assim como Marina em “Justiça”, Bruna ainda deu o que falar ao lado de outra pessoa, Jesuíta Barbosa. Ela ficou do jeito que veio ao mundo e transou com Davi, personagem interpretado pelo pernambucano. A cena fez com que o nome de Marquezine entrasse para a lista dos assuntos mais comentados do Twitter na noite em que foi exibida.

O TV Foco

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM