Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Eu só quero morrer”, diz o homem mais velho do mundo

Ao que parece, o homem chamado Sodimejo, mais conhecido como ‘Mbah Gotho’, é o mais velho do mundo. De acordo com seu documento de identidade, ele completou 146 anos no último dia 31 de dezembro. Apesar do título de “homem mais velho do mundo” não ser dele, ele têm documentos legais que comprovam seu nascimento na Indonésia no dia 31 de dezembro de 1870.
Embora as autoridades locais acreditem que os documentos com Mbah Gotho são verdadeiros, não é possível confirmar plenamente que a data de nascimento seja autêntica porque a Indonésia só começou a manter registros de nascimentos a partir de 1900. Assim, o nome dele não é listado no livro registros de Guinness, onde está listado como o homem mais velho do mundo o israelense Israel Kristal, sobrevivente de Auschwitz, nascido em 1903, e que agora está prestes a completar 114 anos.  

Com a idade pesando cada vez mais, o indonésio fez uma forte declaração em uma entrevista. “Eu só quero morrer”, confessou o idoso citado pelo jornal ‘El Periodico‘, através da Agência Efe. A verdade é que a velhice extrema apresentou muitas dificuldades ao corpo de Sodimejo. Ele disse que há 3 meses mal consegue se mover, e sua única distração é ouvir o rádio; sua visão é prejudicada demais para poder assistir TV.
Nascido um ano após a inauguração do canal de Suez, quando ainda existiam as Índias Orientais Holandesas, Sodimejo vivenciou o despertar nacional, a Segunda Guerra Mundial, a Independência da Indonésia (1945), a era Sukarno (1945-1965), o regime de Suharto (1967-1998) e a nova era democrática de seu país.
Sua história pessoal é ainda mais agitada. Durante quase um século e meio de vida, Sodimejo sofreu a morte de quatro mulheres, dez irmãos e de todos os seus filhos.

Ao ser questionado sobre o segredo de sua longevidade, ele dá uma resposta simples: “É simplesmente a paciência”. E é com essa paciência que ele espera a morte. Desde 1992 ele tem o seu túmulo pronto. Naquele ano, se os documentos não mentem, ele estava com 122 anos de idade, por isso parecia lógico ir se preparando – porém, 24 anos depois, Sodimejo ainda está vivo!


Redação

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM