Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Mãe confessa ter matado filho por ele usar drogas e ser gay

mae-homicidio67524_001
A gerente Tatiana Lozano Pereira, de 32 anos, confessou na tarde desta quarta (11) ter matado o filho de 19 anos em Cravinhos, região metropolitana de Ribeirão Preto. O crime foi registrado pela Polícia Civil.

Segundo informações do jornal A Cidade, ela afirmou ter matado o filho a facadas no dia 29 de dezembro com a ajuda do marido, padrasto de Itaberlly, que incendiou o corpo em um canavial. 

No sábado (7), foi encontrado um cadáver carbonizado que poderia ser do rapaz. O boletim de ocorrência do desaparecimento só teria sido registrado pela família na segunda (9).

Motivo - A justificativa para o crime, segundo ela, é que o jovem usava drogas e “levava homens para casa”. Os dois trabalhavam juntos em um supermercado. Ainda segundo o jornal, o depoimento diz também que Itaberlly ameaçava de morte os familiares.

Ambos tiveram a prisão temporária decretada por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver.

Veja SP

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM