Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Polícia prende empresária suspeita de praticar fraudes em negociação de pacotes de viagens

Polícia prende empresária suspeita de praticar fraudes em negociação de pacotes de viagens
A Polícia Civil da Paraíba, por meio de uma investigação realizada pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa, prendeu, na tarde desta quinta-feira (19), no bairro do Cristo Redentor, a empresária Dayane Rolim, 33 anos. Ela é dona da empresa Viajemais, que funcionava em um Shopping localizado na Avenida Epitácio Pessoa. A empresária é suspeita de praticar fraudes em negociações de pacotes de viagens causando um prejuízo estimado em R$ 150 mil para as vítimas. 

A Delegacia de Defraudações e Falsificações chegou até a suspeita após denúncia feita por vários clientes. “Eles apresentaram uma vasta documentação comprovando que Dayane Rolim emitiu diversos cheques bancários de maneira fraudulenta, além de fraudar vouchers e comprovantes de emissão de passagens aéreas. As vítimas confiaram na empresa contratada e só descobriram as fraudes no dia das viagens. A suspeita chegou a emitir comprovantes e vouchers de passagens aéreas e de hotéis, no intuito de manter os clientes em erro”, disse o delegado da DDF, Lucas Sá.  

As investigações mostraram que as negociações foram firmadas em valores elevados. Apenas um grupo de clientes foi lesado em mais de 70 mil. Depois da descoberta das fraudes, a suspeita “fechou as portas” do estabelecimento e continuou a negociar pacotes de viagens em sua residência, local em que foi presa em flagrante. Dayane Rolim foi ouvida e autuada pelos crimes de falsidade ideológica e estelionato e vai aguardar na carceragem da Central de Polícia para o encaminhamento à audiência de custódia.

O delegado Lucas Sá orienta que as vítimas da empresa Viajemais e da suspeita Dayane Rolim compareçam à delegacia para garantir que todos os fatos sejam investigados e a empresária possa responder pelos crimes praticados. As denúncias sobre a suspeita ou sobre as fraudes investigadas podem ser encaminhadas à Delegacia de Defraudações e Falsificações ou pelo número 197 Disque Denúncia da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds), não precisando se identificar.




Secom PB



OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM