Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

A idade do pai tem impacto na saúde do bebê, afinal? Descubra aqui!

Resultado de imagem para A idade do pai tem impacto na saúde do bebê, afinal? Descubra aqui!
Muito se fala sobre os riscos associados à gravidez e à maternidade tardia, no entanto pouco se fala dos problemas relacionados à paternidade tardia.

 Recentemente foi anunciado que Amal Clooney, de 39 anos, advogada de direitos humanos e esposa do ator americano George Clooney, de 55 anos, está grávida de gêmeos. A notícia trouxe à tona a dúvida. A idade do pai pode causar algum impacto na saúde do bebê? Embora esse assunto seja pouco estudado, a resposta é sim.

E, se as mulheres estão engravidando cada vez mais tarde, para os homens, essa idade é ainda mais avançada, já que sua fertilidade não diminui tanto quanto a da mulher. Assim como Clooney, diversas celebridades tiveram filho quase ou já na terceira idade. São eles: o ator Alec Baldwin, que teve seu segundo filho aos 55 anos, o também ator Steve Martin, que se tornou pai pela primeira vez aos 67 anos, o cineasta Clint Eastwood teve seu sétimo filho aos 66 anos, entre outros.

“Está muito bem documentado: homensestão tendo filhos mais tarde.”, disse Mary Samplaski, especialista em fertilidaed masculina na Universidade do Sul da Califórnia, à rede americana CNN.

Isso é comum porque a fertilidade dos homens não cai tão fortemente quanto a das mulheres à medida que envelhecem. Portanto, muitos podem ter filhos biológicos mesmo quando estão “velhos” sem a necessidade de intervenção de recursos da medicina moderna, como técnicas de fertilização.

Problemas psiquiátricos e genéticos
Embora seja biologicamente possível um homem ter filho na terceira idade sem maiores problemas, alguns estudos já apontaram para riscos associados à esse fato. Uma pesquisa sueca de 2014, por exemplo, mostrou que homens que se tornam pais com mais de 45 anos correm mais risco de ter uma criança com esquizofrenia, autismo e outros problemas psiquiátricos.
De acordo com os pesquisadores, isso aconteceria devido a mutações acumuladas no DNA do esperma conforme os homens envelhecem. Outro estudo, publicado em 2016 na revista Nature Genetics relacionou o aumento da probabilidade de doenças psiquiátricas em filhos de pais mais velhos a problemas genéticos e não a mutações no DNA.

Várias outras condições de saúde têm sido associadas à paternidade tardia. Uma das mais comuns é um tipo de nanismo chamado de acondroplasia. Felizmente, há um teste genético para analisar essa probabilidade.

Possível benefício
Por outro lado, alguns médicos têm proposto que o envelhecimento esperma pode vir com um benefício: telômeros mais longos e, portanto, maior longevidade. Telômeros são as pontas dos cromossomos que protegem o DNA quando ele está sendo copiado. No entanto, não há dados consistentes de que filhos de pais mais velhos vivem mais tempo, em comparação com aqueles de pais mais jovens.

Pai ou avô?
Samplaski ressalta que os riscos que preocupam seus pacientes nem sempre são genéticos. “Se você tiver 55 anos quando seu bebê nascer, você terá 65 anos quando ele completar 10 anos”, disse acrescentando que a idade das pessoas nem sempre é a melhor forma de prever sua expectativa de vida, já que “a maioria dos casais que estão tendo bebês mais tarde na vida estão se cuidando mais.”
No entanto, a preocupação – e as piadas – são inevitáveis. Após o anúncio da gravidez de Amal, várias publicações na internet fizeram piadas com o fato de Clooney ser avô e não pai da criança, em alusão à sua idade considerada “avançada” por essas pessoas.

Mais experientes
Felizmente, tudo tem dois lados e apesar de algumas crianças com pais mais velhos comentarem sobre as dificuldades de cuidar de pais doentes e idosos, outras falam das valiosas lições que aprenderam de pais com mais experiência de vida.


180 Graus

Salão de Beleza

Salão de Beleza

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM