Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Confira três histórias sobrenaturais mais arrepiantes de 2016

Lenda é uma narrativa transmitida oralmente pelas pessoas, visando explicar acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais, misturando fatos reais, com imaginários ou fantasiosos, e que vão se modificando através do imaginário popular. Bom, aí se uma lenda é verdade ou não, cabe a nós analisarmos com atenção para acreditarmos, e nem sempre isso acontece.

Pensando que sempre existem algumas lendas que deixam as pessoas morrendo de medo, nós fomos atrás de algumas lendas que fizeram sucesso em 2016, algumas misteriosas, outras coisas bizarras que a maioria das pessoas não acredita.

Então, caros amigos, confiram agora a nossa matéria com as 3 histórias sobrenaturais mais arrepiantes de 2016:

1 – Bonecas da Tailândia que ganham alma

1

O governo tailandês e o primeiro-ministro do país tiveram que manisfestar sobre o caso por causa da polêmica que ele causou. O fato é que algumas bonecas, chamadas de luk thep, ganham uma reza sagrada e de acordo com a crença elas recebem um espírito que lhes dá uma alma e que ela trás sorte. Por incrível que pareça, essas bonecas ficaram tão famosas que as pessoas passaram a levá-las para passeios, restaurantes, viagens, etc. Na Tailândia é comum as pessoas acreditarem fielmente em rituais de magia, mas esse caso das bonecas chamou muito a atenção das autoridades.

2 – O experimento que possivelmente provou a existência da alma

2

Na década de 40, o médico R.A. Watters realizou experimentos com animais para tentar provar a existência da alma. Para provar a sua teoria, Watters prendeu pequenos animais besuntados com éter em um recinto chamado “Câmara de Wilson”, para que lá mesmo eles morressem. Essa tal câmara tinha vapor de água resfriado e adensado ao máximo, que quando entrava em contato com uma partícula energética, deixava um rastro de neblina.

Sua ideia era que se o animal morresse dentro da câmara, ficaria um desenho provando a existência da alma. A experiência, segundo o médico, deu certo, pois ele afirmou em seus relatórios ter observado o traço energético ao lado dos animais recém-falecidos e que demorava 8 horas para dissolver. Esses dados lhe foram suficientes para concluir que existe um corpo anímico que abandona o corpo físico no momento da morte.

Embora a ciência tenha ignorado as descobertas de Watters, nos arquivos da Sociedade para a Pesquisa Psíquica de Cambridge, conservam-se suas fotografias e anotações.

3 – Poderes mágicos por trás de crânios de cristais

1
Fotos: Reprodução

Existem muitas perguntas em torno desses crânios cristalinos, que apareceram em diferentes momentos dos últimos séculos; e uma quantidade proporcional de mitos, lendas e teorias que se apresentam como respostas. O crânio mais famoso foi descoberto em 1924, por Anna Le Guillon Mitchell-Hedges. Ela afirmou ter encontrado o crânio em baixo de um altar em um templo de Lubaantún, em Belize.

O crânio feito em um bloco de quartzo transparente, do tamanho de uma cabeça humana pequena e com a mandíbula separada. Na década de 70, o crânio foi estudado pelo restaurador Frank Dorland, que concluiu que ele havia sido esculpido de forma básica, com diamante, e depois modelado, lixado e polido. Segundo Doland, sua idade seria de 12 mil anos.

Estudiosos do paranormal afirmam que os crânios de cristal podem provocar inúmeros fenômenos e milagres como: causar visões, curar câncer e até causar mortes. Anna diz ter visto no seu uma premonição do assassinato de John F. Kennedy, e uma lenda diz que somente quando reunir os treze crânios que existiram no mundo se evitará uma catástrofe prevista pelo calendário maia.

Fatos Desconhecidos

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM