Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Deputado pode virar réu nos próximos dias por estupro e tortura de Menina de 12 anos

O Tribunal de Justiça do Amazonas deve decidir, nos próximos dias, se aceita ou não denúncia feita pelo Ministério Público do Amazonas contra o deputado estadual Sidney Leite, acusado de estuprar e torturar uma menina de apenas 12 anos, quando ele era prefeito de Maués, município a 268 km de Manaus. 

O processo (4002054-24.2016.8.04.000) corre em segredo de Justiça e está sob a relatoria do desembargador  Paulo Cesar Caminha e Lima.

Se a denúncia for aceita, Sidney Leite se tornará réu por estupro e tortura.

Na denúncia, o procurador-geral de Justiça Fábio Monteiro não deixa dúvida de que Sidney Leite de fato estuprou e depois torturou a criança e a irmã dela, para que ambas negassem o estupro.

Da análise acurada dos documentos que instruem os presentes autos, verificam-se indícios suficientes da prática dos delitos supracitados (estupro e tortura)", afirma Fábio Monteiro.


RELEMBRE O CASO,CLIQUE  AQUI 

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM