Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

“Pacote do mal”: Prefeito de Ibiara-PB quer reduzir salários dos servidores municipais

 O Poder Executivo Municipal de Ibiara, comandado pelo prefeito Nenivaldo Barros, enviou um Projeto de Lei polêmico para ser votado já na volta do recesso parlamentar, nesse próximo sábado, dia 04.
Segundo o projeto, o gestor recém-eleito irá reduzir significativamente os salários dos servidores públicos, atingindo de cheio vários profissionais, a exemplo: dentistas, enfermeiros e assistentes sociais. Esses são uns dos quais o projeto pode prejudicar.
De acordo com informações, os salários atuais de um dentista e enfermeiro equivalem a R$ 3.000, caso o projeto seja aprovado pelos vereadores, passaram a ganhar R$ 1.200, causando assim revolta dos funcionários da saúde. O projeto vem sendo apelidado de “pacote do mal”, sendo considerado pelos servidores um retrocesso.
Um advogado, natural de Conceição, comentou nas redes sociais sobre o caso, segundo ele, o projeto é inconstitucional, o jurídico ainda dispara contra os colegas de profissão que supostamente analisaram o mesmo.
Pensa que acabou? Não, tem mais polêmica! Em contato com o auxiliar de contabilidade Evandro Pereira Leite de Lima, revelou com exclusividade ao TribunaPB, que o seu salário referente ao mês de janeiro já veio inferior a os meses anteriores, mesmo antes do Projeto de Lei enviado pelo prefeito Nenivaldo ser aprovado na Câmara Municipal. O funcionário efetivo da Prefeitura ibiarense vai impetrar uma ação na Justiça contra o caso. Confira os recibos abaixo:  






Tentamos entrar em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ibiara, mas não obtivemos êxito até o fechamento desta matéria.












tribunapb








                                                                                                                                                                                

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM