Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Prefeito de Ibiara no Vale do Piancó, é acusado de nepotismo e perseguição a servidores

Nossa reportagem recebeu um e-mail de um cidadão da cidade de Ibiara que resolveu relatar um escândalo administrativo e uma crise política que começa a se instalar dentro do governo do prefeito Nenivaldo Barros (PSB), este que assumiu em primeiro de janeiro. No texto, o remetente faz revelações bombásticas do começo de uma gestão marcada por um descontrole.
“Já diz um ditado que para conhecer o homem é preciso lhe testar no poder. O poder tem subido para a cabeça do prefeito Nenivaldo Barros que tem escanteando amigos e aliados de primeira hora para abrir espaço na prefeitura como se está fosse uma mãe da família Barros e transformando sua gestão em um comércio privado para nomear quem quiser.
Começo dizendo que o gestor nomeou o irmão Francisco Diassis para chefe de gabinete; Diego de Sousa (sobrinho) para comandar às finanças; Egilvânia Clarino (filha) para Secretaria de Cultura; Francisco Rômulo ‘Curio´ (primo legítimo) para ser secretário de esporte; Maria Lima (prima) chefe de recursos humanos e da folha de pessoal; Lucivânia Rodrigues (prima) para ser coordenadora do programa do Bolsa Família; Valter Magalhães (esposo de sua prima) para ser secretário de Agricultura, assim já se chega a 08 o número de familiares de primeiro grau no primeiro escalão. Esse número de familiares é bem mais, para aumentar o taxo da família Barros, tem ao menos outros 15 familiares que estão espalhados como auxiliares e outras funções.
O escândalo é maior. Parte das compras da prefeitura está sendo feitas no supermercado São Luis, este pertencente ao sogro do irmão do prefeito, que também aproveitou para alugar uma casa ao município; Um caminhão pertencente ao senhor Pedro Veloso (Sogro de Ednaldo, irmão do prefeito) também já foi locado; uma casa pertencente a Vânia Barros (prima do prefeito) foi alugada.
Essa farra com o dinheiro público dividia entre familiares tem deixado muita gente decepcionada com o homem que dizia ser o novo e que tinha uma missão de reconstruir Ibiara. Mas não pensem que essa divisão entre familiares tem deixados todos satisfeitos não. Tem muita gente da família revoltada com o comportamento do gestor, que tem adotado um comportamento de arrogância e desprezado a quem tanto o ajudou. O homem sumiu, vive entocado dentro do gabinete tomando decisões apenas ouvindo o ex-vice prefeito Nenca Palitó, esse que mora dentro do gabinete do prefeito e foi nomeado para receber como secretário de obras. Quem manda e desmanda dentro da prefeitura é o ex vice.
Existe uma lista imensa de pessoas revoltadas com o gestor que deixou de ser o liso para ser o metido ao todo poderoso. O vereador e seu primo Naldim de Rita já começou a sessão deste ano votando contra dois projetos do poder executivo e se recusou a indicar nomes de aliados para compor a gestão dos Barros. O vereador Biligim, esse que foi um dos principais defensores da campanha do prefeito, já deu declarações dizendo está decepcionado. Os vereadores Odair, Vera e Jairo também não estão satisfeitos. Apenas do vereador Pôroba parece que recebeu um cala boca por conta que conseguiu alugar um carro no valor de 6.000 para prefeitura.
A vice-prefeita Margarida Ramalho foi a mais escanteada de todas, depois da eleição não chegou nem a ver o prefeito que não atende seus telefonemas. Essa não teve o direito de indicar um único prestador de serviço.
Vamos esperar o andamento dessa gestão desastrosa que começou escanteado amigos, cometendo crime de nepotismo, tentando reduzir salários e perseguindo servidores.
A oposição de Ibiara já prepara toda documentação para entrar com uma denúncias pelos crimes de nepotismo e um outro aliado ameaça romper e fazer revelações bombásticas”.
Conceição Verdade

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM