Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

'Ame Miguel': Morre em Campina Grande bebê que lutava contra doença degenerativa

Morreu na manhã da última segunda-feira o bebê Miguel Áquila, de apenas oito meses, que mobilizou muitos paraibanos a ajudarem com doações ao seu tratamento na campanha 'Ame Miguel'. Miguel estava internado no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande e de acordo com a assessoria do hospital, ele veio a óbito às 8h50.

Miguel sofria de Atrofia Muscular Espinhal 1 (AME1), uma doença degenerativa que tem origem genética e tem como característica a atrofiação muscular secundária à degeneração de neurônios motores localizados na medula espinhal.

Após ser diagnosticado com a doença, a família da criança lançou a campanha 'Ame Miguel', que visava arrecadar um total de R$ 3 milhões que seria usado para comprar o medicamento Spinraza, recém lançado nos Estados Unidos, que estagnaria a doença.

Além de fornecer uma conta bancária para captar doações, a família de Miguel ainda organizava um bazar com doações para arrecadar fundos. O bazar foi suspenso e emitiu uma nota de pesar após a morte de Miguel.

 
"Com muito pesar que vemos informar a todos o falecimento do nosso pequeno e verdadeiro anjo! As programações do bazar estão suspensas. Pedimos a todos que orem e aguardem mais informações".

Miguel estava internado no Hospital de Trauma desde dezembro do ano passado. O hospital ainda não informou a causa da morte da criança.













ClickPB










PARTICPE

Salão de Beleza

Salão de Beleza

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM