Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Após abertura de comportas, águas da transposição enchem Açude de Poções

Após abertura de comportas, águas da transposição enchem Açude de PoçõesEm menos de 48 horas após a solenidade de abertura das comportas que possibilitaram a chegada das águas do Rio São Francisco ao Rio Paraíba, o Açude de Poções começa a renascer neste domingo (12). O manancial de Poções, localizado no município de Monteiro, na Região do Cariri paraibano, a 310 quilômetros de João Pessoa, é o primeiro açude a receber as águas da Transposição na Paraíba.



De acordo com dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), antes da chegada das águas, o Açude de Poções estava com apenas 251,4 mil metros cúbicos de armazenamento, o equivalente a 0,8% do total de 29,8 milhões de metros cúbicos da sua capacidade. Após deixar o Açude de Poções, a água seguirá para o Reservatório de Camalaú. Conforme a previsão dos engenheiros que atuam na obra, a água deve chegar ao Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), que abastece Campina Grande e mais 18 municípios da Região da Borborema, entre 30 e 45 dias.

Na tarde da última sexta-feira (10), o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, na solenidade oficial da chegada das águas do Rio São Francisco à Paraíba, agradeceu ao trabalho desenvolvido pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) em favor do Projeto de Integração e Transposição das Águas do Rio São Francisco que, na Paraíba, vai levar água às torneiras de cerca de um milhão de paraibanos (33 mil só na cidade de Monteiro).

“Quero cumprimentar ao Ministério Público... Quero aqui fazer uma deferência especial, senhor presidente Michel Temer, ao doutor Bertrand Asfora e, em seu nome, abraçar e agradecer ao Ministério Público da Paraíba pela parceria, pela demonstração de civismo público com que lidou com o assunto da Transposição e da segurança hídrica para este estado”, discursou o ministro Hélder Barbalho.













Fonte: WScom



OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM