Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

JP é a terceira capital do Nordeste com refeição mais cara para trabalhadores

João Pessoa é a terceira capital nordestina com o valor mais caro para que o trabalhador tenha uma refeição completa. Os dados, divulgados nesta terça-feira (14), foram colhidos em pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, a pedido da Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador, mostram que para que um trabalhador de João Pessoa tenha uma refeição completa, composta por prato principal, bebida não alcoólica, sobremesa e café, ele precisa gastar R$ 34,36 por dia, ou R$ 824,64 por mês.

Os números atribuídos a João Pessoa ultrapassam a média nacional cobrada pela refeição, que é de R$ 32,94, e a média da região Nordeste, que é de R$ 31,82.

Segundo a pesquisa, as duas capitais nordestinas que superam João Pessoa no preço cobrado pela refeição são: São Luís, R$ 36,96, e Aracaju, R$ 35,62.

Ainda conforme a pesquisa, João Pessoa ficou a frente de outras capitais e do município de Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco: Maceió, R$ 34,31; Recife, R$ 32,67; Natal, R$ 31,50; Salvador, R$ 31,25; Teresina, R$ 31,10; Fortaleza, R$ 28,98; e Jaboatão dos Guararapes, R$ 28,07.

Por regiões, a pesquisa mostra que a região Sul do Brasil é a que cobra mais caro, em média, pela refeição completa, R$ 34,34. Na região Sudeste o preço é de R$ 33,25; Centro-Oeste, R$ 30,44; e Norte, R$ 29,31.




Portal Correio 

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM