Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Sargento PM e bandido morrem em troca de tiros numa tentativa de assalto

O sargento da reserva da Polícia Militar, Cledson Afonso Moura da Silva, 49, foi morto na noite de ontem, quarta-feira, 8, com dois tiros que atingiram seu peito e o maxilar, na porta de sua casa situada na rua Apóstolo Paulo, comunidade Jesus me Deu, bairro da Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus.

O militar foi buscar uma de suas filhas na escola e assim que parou na porta de casa, apareceram os dois homens gritando que era um assalto e exigiram que ele descesse da motocicleta. O sargento reagiu, sacou a arma da cintura e foi alvejado com os dois tiros, mas assim mesmo, também disparou e acertou o peito do assaltante que morreu na hora.

Sargento Cledson Afonso já estava na Reserva da Polícia Militar do Estado

O outro bandido conseguiu fugir do local sem ser identificado, enquanto que vizinhos e familiares do sargento prestaram socorro. Cledson Afonso  morreu ao dar entrada na sala de operações do Hospital e Pronto Socorro Delphina Aziz, localizado na Avenida Torquato Tapajós.

Cenas da tentativa do assalto que resultou na morte do sargento da reserva e de um dos homens que tentou roubar sua motocicleta foram gravadas pela câmera de segurança instalada na frente da casa do militar e já estão nas mãos dos policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que tentam identificar o assaltante que fugiu.

Perito do Instituto de Criminalística examina corpo do bandido morto na tentativa de assalto

O bandido que morreu na tentativa de assalto continuava sem identificação no Instituto Médico Legal (IML) até às 10h00 desta quinta-feira. Foi confirmado depois do exame de necropsia, que ele foi atingido com tiro em cima do coração por um projétil de revólver calibre 38.

O sargento Abrahão Nascimento, da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), disse que trabalhou muitos anos com o colega morto e garantiu que ele dedicou toda sua carreira militar na defesa dos cidadãos e no combate ao crime. “Ele se aposentou na PM com a ficha limpa e cheia de elogios dos seus oficiais superiores, por isso lamento sua morte dessa maneira”, disse o sargento.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES! 


 Fotos: Divulgação

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM