Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

FORTES! Polícia prende quadrilha no momento em que começava a esquartejar homem

Depois de ser atraído para uma emboscada, na madrugada desta quinta-feira, 13, um usuário de drogas identificado apenas com o apelido de “Nato”, foi assassinado com facadas e depois decapitado pelos autores do crime, identificados com os nomes de Thiago, Lucas, Jonas e Daniel, que foram presos em flagrante.

De acordo com as primeiras informações, a polícia recebeu um telefonema anônimo e chegou na hora em que o quarteto consumia droga e ao mesmo tempo começava a esquartejar a vítima, que já tinha sido decapitada dentro de uma casa na Rua H-12, Loteamento Águas Claras, bairro do Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus.

Antes de ser morto, “Nato” recebeu telefonema de um dos assassinos chamando para um encontro em uma lanchonete do bairro, mas o que ele não sabia é que já estava armado um plano para ele ser assassinado, decapitado, esquartejado e no final as partes de seu corpo seriam colocadas em sacos plásticos e jogadas na área de mata do bairro.

Os quatro envolvidos no homicídio iniciavam o esquartejamento quando a polícia apareceu

A movimentação dentro da casa onde o crime aconteceu teria chamado atenção de um dos moradores, que chegou a ouvir gritos durante a madrugada, e imaginando que um crime poderia estar em andamento, telefonou e uma guarnição da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi ao local e prendeu todos os envolvidos no assassinato.

A versão dos participantes do crime foi que o praticaram por vingança, porque “Nato”, além de ser viciado em drogas e de estar devendo dinheiro para um traficante da área, alguns dias atrás assassinou um homem, que era primo legítimo de um dos quatro presos no momento em que começavam a esquartejar seu corpo dentro da casa.

A casa onde  o crime aconteceu fica na Rua H-2 do Loteamento Águas Claras 

Na manhã desta quinta-feira, havia uma informação indicando que a vítima e os quatro homens que participaram do homicídio são integrantes da facção criminosa Família do Norte (FDN), cuja marca registrada é matar desafetos do grupo, degolando e arrancando a cabeça pra fora do corpo.

O cadáver foi levado para o Instituto Médico Legal ainda de madrugada e os envolvidos no homicídio foram apresentados no 12º Distrito Integrado de Polícia DIP. 






ATENÇÃO! AS IMAGENS FORTES A SEGUIR SÃO EXTREMAMENTE FORTES.VOCÊ NÃO É OBRIGADO A VISUALIZAR-LAS. CASO DESEJE,CUIDADO COM CRIANÇAS AO SEU REDOR.


















 Fotos: Divulgação

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM