Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Maranhão nega encontro com Temer e diz que PMDB não procura nome para substituir o presidente

O senador José Maranhão  negou nesta sexta-feira (25) que o PMDB esteja a procura de nomes para indicar em caso de renúncia do presidente Michel Temer . “Se o PMDB estivesse fazendo esse esforço, certamente estaria negando apoio ao presidente”, declarou o presidente estadual do partido.

Em entrevista ao ClickPB , José Maranhão disse não ter conhecimento das ameaças de que  PSDB possa implodir a aliança com o Governo devido a crise aberta pelas gravações feita pelo dono da JBS, Joesley Batista, com Temer. “Eu não sei se tem essa decisão do PSDB enquanto partido. Pode ser que dentro do PSDB, e isso é democrático, tenha alguém defendendo uma candidatura de FHC como solução para este momento”, declarou.

O senador negou ainda que estivesse se encontrado, juntam ente com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com o presidente Temer. A informação foi dada pela Agência Brasil.

O senador paraibano também comentou informações de que o prefeito da Capital poderia deixar o PSD em decorrência das denúncias envolvendo o presidente nacional do PSD. "É pura especulação", disse.

De acordo com a denúncia, O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab recebeu R$ 5,5 milhões da JBS.

Ainda segundo Maranhão, Cartaxo não iria mudar sem que houvesse algum fato relevante que justificasse essa atitude “Acho que Luciano já é um político amadurecido e tem compromissos com o PSD, que é o partido que está filiado”.

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM