Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Assembleia Legislativa vai debater construção de presídio federal em Bayeux

A controvérsia que está criada em torno da construção de um presídio federal em Bayeux, cidade da região metropolitana de João Pessoa, juntará aliados e opositores da proposta num amplo debate que terá como palco a Assembleia Legislativa do Estado. Por sugestão do deputado estadual João Gonçalves, do PDT, a Casa de Epitácio Pessoa fará uma audiência pública na terça-feira próxima, discutindo os prós e contras da implantação do presídio federal. O assunto já alimentou polêmica em redes sociais. O deputado federal André Amaral, do PMDB, postou vídeo em redes sociais criticando o prefeito de Bayeux, Berg Lima, do “Podemos”, que, segundo ele, foi quem procurou as autoridades federais para comunicar que aceitaria a construção do presídio na cidade.

Ainda em sua fala, o parlamentar ressalta que marcará audiência com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, para dizer que o povo de Bayeux não quer o referido empreendimento e também que a Grande João Pessoa “não merece” esse presídio. O deputado André Amaral, que assumiu a titularidade na Câmara com a renúncia de Manoel Júnior, do PMDB, que veio ser vice-prefeito de João Pessoa, sugeriu uma outra alternativa ao prefeito de Bayeux: a desapropriação do terreno com o consequente convite a uma indústria que tenha interesse em se fixar, gerando emprego e renda. “Com certeza, a indústria trará mais tranquilidade e dignidade para a população de Bayeux, enquanto o presídio tende a ser fonte de intranquilidade num Estado onde a segurança pública é caótica e os índices de criminalidade são alarmantes”, acrescentou.

Em sua justificativa ao propor o debate na Assembleia Legislativa, o deputado João Gonçalves fez referência ao principal aspecto dominante nas discussões: o de que o presídio “não trará desenvolvimento para a cidade, que é carente de investimentos estruturantes por parte do poder público”. Na opinião de João Gonçalves, contrariamente ao que está sendo especulado, a implantação do presídio trará como consequências a insegurança e a desvalorização imobiliária do município. O presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia, do PSB, sem entrar no mérito das discussões propriamente ditas, opinou que o debate de terça-feira será mais uma contribuição do Poder para o consenso em torno de questões cruciais que afetam o interesse público em regiões da Paraíba.








Os Guedes

Salão de Beleza

Salão de Beleza

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM