Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Quantas vezes por semana um casal deve fazer sexo para ser feliz? A ciência dá o número exato

Sexo é importante para a felicidade conjugal?

A intimidade física e emocional, fatores internos e externos formam um relacionamento de sucesso. Segundo pesquisa feita na Universidade do Estado da Flórida, o sexo é um ingrediente chave para a felicidade conjugal.

Os resultados da pesquisa foram publicados no jornal Psychological Science,pela autora Andrea Meltzer O estudo contou com a participação de 214 casais recém-casados. Os casais deveriam reportar o engajamento sexual com seus parceiros, avaliar o quão satisfeitos estavam com sua vida sexual e também avaliar o quão satisfeitos estavam com seu relacionamento e seu cônjuge.

A pesquisa descobriu que a intimidade física produz um brilho que dura até 2 dias, aumentando a satisfação do relacionamento a longo prazo.

"Nossa pesquisa mostra que satisfação sexual permanece elevada 48 horas após o sexo. E pessoas com um brilho sexual mais forte - isto é, pessoas que reportaram um nível mais elevado de satisfação sexual 48 horas após sexo - reportaram níveis mais elevados de satisfação conjugal vários meses depois", explica Meltzer.

Qual seria o número mágico?

Um estudo descobriu o número mágico da quantidade de sexo que um casal estável deve fazer para ser feliz. A pesquisa norte-americana contou com a participação de mais de 30 mil pessoas com parceiros fixos e foi publicada na revista especializada Social Psychological and Personality Science.

Eles descobriram que fazer sexo apenas uma vez por semana é o suficiente para se sentir satisfeito no casamento. "Embora sexo mais frequente esteja associado a maior felicidade, esta relação já não é significante numa frequência maior do que uma vez por semana", disse a pesquisadora Amy Muise, psicóloga social da Universidade de Toronto-Mississauga.

"Nossas descobertas sugerem que é importante manter uma conexão íntima com o parceiro, mas não é necessário fazer sexo todos os dias para isso", acrescentou.

Este número é realista?

Segundo o terapeuta sexual Tammy Nelson, não há uma regra ou norma para a vida sexual de um casal. A dinâmica do casal muda com o passar dos anos e suas necessidades também, por isso ele acredita que não há um número mágico que trará felicidade no casamento.

Em entrevista para o Huffington Post, ele diz que muitos casais chegam no seu consultório com a mesma dúvida: "A minha vida sexual é normal?"

"Esqueça o 'normal'. O mais importante é você aprender a ter empatia por seu parceiro e aceitar suas necessidades, mesmo que elas sejam diferentes da sua", explica Nelson.

O terapeuta enfatiza que conversas frequentes sobre sua vida sexual e toques carinhosos fora do quarto podem ser os fatores mais importantes para a satisfação no relacionamento.






Blog do RC/Rachel de Castro







OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM