Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Câmara de Bayeux aguarda denúncia para pedir cassação de Berg e iniciar investigação contra vice

O procurador da Câmara Municipal de Bayeux, Aécio Farias, deverá entrar com pedido de cassação do prefeito afastado Berg Lima (Podemos), após receber as denúncias do Ministério Público da Paraíba e da Polícia Civil. Segundo o procurador, a Câmara também pretende investigar o vice-prefeito Luiz Antônio (PSDB), haja vista os indícios de ligação dos dois em irregularidades.

Leia também: Defesa de Berg Lima protocola pedido de Habeas Corpus nesta segunda; TCE cumpre diligências na prefeitura

“Só estamos aguardando o Gaeco e o Ministério Público oferecer a denúncia que é de hoje para amanhã, segundo a assessoria de Dr. Otávio Paulo Neto me disse. Porque, a única coisa que a Câmara tem é o flagrante em si do prefeito, mas a gente quer toda a investigação para entrar com o processo de cassação”.

Sobre o processo de investigação contra o prefeito interino Luiz Antônio, Aécio explica que também poderá pedir o afastamento dele. “Há a possibilidade de também entrarmos com um pedido de afastamento do vice-prefeito Luiz Antônio, por conta de investigações preliminares que eles estariam umbilicalmente ligados. Contra o vice é uma investigação que não necessariamente vai ser o mesmo processo para o os dois. Eu creio que metologicamente é mais viável a gente fazer o de Berg e em paralelo a gente investiga o vice também”.

Para o procurador, as atitudes de Luiz Antônio após afastamento de Berg demonstram, de certa forma, possível envolvimento dos dois. “Ele não tirou nenhum secretário do prefeito, ele tinha muito empregos, muitos cargos que eram dele. O irmão dele era e é secretário ainda. Eles foram eleitos juntos, então não tem problema algum se investigar também, já que tem indícios disso que ele podia ser envolvido”.



Iracema Almeida










OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM