Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

"Câmara está 100% a favor", diz vereador de Bayeux que vai protocolar pedido de cassação de Berg Lima

"Câmara está 100% a favor", diz vereador de Bayeux que vai protocolar pedido de cassação de Berg LimaUm pedido de cassação do prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima (Podemos), vai ser protocolado no início da tarde desta quinta-feira (13) pelo vereador Adriano Martins (PMDB). De acordo com o vereador, a peça do processo conta com investigação da polícia e materiais colhidos na mídia. O peemedebista comentou que a “Câmara está 100% a favor da cassação”, incluindo-se membros da situação.


“Estou dando entrada no processo hoje a tarde pedindo a cassação dele, pela corrupção e extorsão. Vamos usar na peça elementos divulgados na mídia e a investigação da polícia. O material que temos já basta. Ele extorquiu sim o empresário, em troco de pagar o que já era de direito dele”, disse Martins.


Adriano aguardou a população pedir a cassação oficialmente, já que “existe cerca de 20 movimentos contra Berg na cidade”, para não perder direito a voto no processo. Porém, através de pesquisas de bastidores o peemedebista observou que a Câmara está fechada com relação a cassação e decidiu realizar a ação. “É o que escuto deles, são os comentários nos bastidores. Vejo que a Câmara, aparentemente, é a favor da cassação, porque Berg não tem mais condições moral, política e administrativa de voltar ao cargo”, afirmou o vereador.


Conforme Martins, até mesmo membros da situação estão a favor da cassação de Berg Lima. “Até o líder dele, o mais ligado a ele, Betinho Rs, disse que não é a favor da corrupção, e comentou ‘mesmo que seja meu amigo tem que ser punido’, então vou protocolar mesmo perdendo direito de voto”, revelou.


A comissão processante pode ser formada por Netinho (PSD), Roni Alencar (PMN) e Lico (PSB), segundo Adriano Martins. Os prazos da Câmara podem ser rápidos e uma sessão extraordinária pode ser convocada a qualquer momento. “O presidente pode chamar uma sessão extraordinária a qualquer momento para ser votada. Acho que eu dando entrada agora [ao meio-dia], como vem tendo muita pressão da população, talvez a noite já vai ter um posicionamento”, analisou Martins.








Blog do Gordinho

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM