Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Camila Toscano diz que não vai tirar licença e dificulta manobra para levar Aníbal à ALPB

Camila Toscano diz que não vai tirar licença e dificulta manobra para levar Aníbal à ALPB
Já fica mais complicada a possível articulação que renderia o retorno de Aníbal Marcolino (PSD) para a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Isso porque a deputada estadual Camila Toscano (PSDB) já rechaçou a possibilidade de tirar licença para surgir um cargo na Casa.

“Hoje não tenho essa ideia de pedir licença. Queria muito ajudar Aníbal, ajudar todos os colegas suplentes que precisam, mas infelizmente não vejo sentido de tirar licença agora”, disse Camila. “Acho que só se deve tirar licença em casos extremos, de estado de saúde, como determina nosso regimento, e graças a Deus não estou precisando”, completou.

Com relação a presença de Aníbal Marcolino na ALPB, a deputada reconheceu que seria um ganho à oposição. “Bom parlamentar, tem experiência, conhece bem as formas de agir do governador, e se vier, sem dúvida nenhuma, a oposição ganha com isso”, afirmou.

Líder da oposição comenta articulação

O líder da oposição, deputado Bruno Cunha Lima (PSDB), disse que está trabalhando para Aníbal ir para a Assembleia antes do retorno do recesso parlamentar.

“Não posso negar uma articulação nossa da oposição para permitir a ascensão do deputado Aníbal Marcolino à Assembleia. Se conseguir fechar essa articulação para que no retorno das atividades ele já esteja conosco, digo que seria 100% de satisfação. Mas caso não aconteça, vamos continuar para o mais breve possível. Disse a Aníbal ontem que, a Casa precisa mais dele do que ele da Casa”, afirmou Bruno Cunha Lima.







Blog do Gordinho

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM