Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Moro marca interrogatório de Lula em nova ação para 13 de setembro, mas permite videoconferência

Resultado de imagem para Moro marca interrogatório de Lula em nova ação para 13 de setembro, mas permite videoconferência
O juiz federal Sérgio Moro agendou nesta quinta-feira para 13 de setembro depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na segunda ação em que o petista é réu no âmbito da operação Lava Jato, mas abriu a possibilidade de realização do interrogatório por videoconferência.

Moro, que já condenou Lula a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso envolvendo um apartamento tríplex no Guarujá (SP), citou em despacho "gastos necessários, mas indesejáveis, de recursos públicos com medidas de segurança" para o depoimento anterior do ex-presidente, ao oferecer à defesa de Lula a possibilidade de realização do novo interrogatório por videoconferência com a Justiça Federal de São Paulo.

Lula é acusado nesta ação de receber propinas da Odebrecht na forma de um terreno de 12,5 milhões de reais, que seria destinado à construção da sede do Instituto Lula em São Paulo, e de um apartamento cobertura vizinho ao que Lula mora em São Bernardo do Campo, avaliado em 504 mil reais.

O ex-presidente é réu em outras três ações, uma delas também é relacionada à Lava Jato, mas corre na Justiça Federal do Distrito Federal.


OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM