Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Prefeito de Caaporã em quatro meses efetuou pagamentos de quase R$ 700 mil para posto de gasolina do pai do vice-prefeito

A vida não está fácil para os moradores da Grande João Pessoa. Quem acompanha o blog já viu que importantes cidades da microrregião, a exemplo de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo e Alhandra tem que conviver com escândalos de corrupção, desvio de verbas e desperdício de dinheiro público. Apesar da atuação sempre vigilante do Tribunal de Contas da Paraíba, os gestores continuam a farra com o erário sem nenhum pudor ou temor de penalização. O escândalo da vez vem da humilde cidade de Caaporã, que tem pouco mais de 20 mil habitantes e fica a apenas 50 minutos da Capital.
De fevereiro até maio desse ano, a prefeitura da cidade, sob a gestão de Kiko Monteiro (PDT), gastou mais de R$ 400 mil com gasolina em carros oficiais e alugados. Entretanto, o valor acordado a ser pago nos empenhos ultrapassa beira os R$ 700 mil. Entretanto, o valor absurdo gasto com gasolina em uma cidade pequena não é o mais grave dessa história. Como você, leitor, verá adiante.
Pois bem, enquanto a prefeitura compra gasolina de ouro, a população sofre com sucateamento em unidades de saúde e escolas, falta de remédios, ruas esburacadas e “carrega” nas costas a inchada folha de pessoal do município. Mas tem mais.
PFS de Ponta de Pedra, inacabada
Vamos ligar os pontos: o dinheiro empenhado para a gasolina dos veículos da prefeitura foi integralmente pago para apenas uma empresa. “Posto Veloso”. Rápida pesquisa com o CNPJ revela que a empresa é de um cidadão chamado Salomão Veloso de Oliveira Júnior. O nome do vice-prefeito da cidade, eleito junto com Kiko Monteiro, é Saulo Veloso.
O que você, leitor, está pensando? É isso mesmo! Saulo Veloso é filho de Salomão Veloso, falecido no ano passado e conhecido por ser um empresário de poderoso na cidade, até rua carrega o seu nome. Em uma rápida pesquisa, encontramos pelo menos quatro postos de gasolina na cidade, sendo dois “ao lado” do Posto Veloso. Será que a gasolina é mais barata e de melhor qualidade nele? Deixamos o questionamento para você, cidadão caaporense, responder.




 Blog do Diego Lima

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM