Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Servidores da saúde de Queimadas ameaçam ocupar ruas e fazer greve

Os servidores da área da saúde da Prefeitura Municipal de Queimadas ameaçam ocupar as ruas e deflagrar greve a partir do dia 2 de agosto, caso o prefeito José Carlos de Sousa Rêgo não aceite negociar as reivindicações das categorias da saúde. O Sindicato dos Trabalhadores Públicos do Agreste da Borborema (Sintab) realizou assembleia na manhã desta segunda-feira (03), com os servidores da Saúde do município de Queimadas, no Centro de Formação Dom Luís. 

Entre os pontos discutidos no encontro, nomeação da comissão de formulação do PCCR, o pagamento do PMAQ atrasado e reajuste salarial, pois a categoria está há oito anos sem receber aumento. Além disso, eles querem melhorias nas condições de trabalho, como aquisição de insumos e EPIs. 

O coordenador de comunicação do Sintab, Napoleão Maracajá, informou que há reunião marcada com o prefeito José Carlos de Sousa Rêgo para negociar os pontos reivindicados, no próximo dia 28. 

“Caso não sejam atendidas as negociações, a partir do dia 02 de agosto, teremos ocupação das ruas, greve, nota nos jornais, tudo isso denunciando o que afeta a população de Queimadas hoje”, disse. 

A secretária do Sintab em Queimadas, Lúcia Alves, disse que a assembleia teve intensa participação, mas espera a participação em massa de toda a categoria na reunião com o prefeito, para que as reivindicações sejam atendidas.

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM