Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

João Doria leva ovada na cabeça durante evento em Salvador.Confira os Vídeos

Prefeito de São Paulo João Doria - Reunião da Executiva Nacional do PSDB - 12/06/2017
O prefeito de São Paulo, João Doria, foi atingido por um ovo, quando chegava à Câmara Municipal de Salvador, na noite desta segunda-feira (7), onde recebeu o título de cidadão soteropolitano.

A solenidade de entrega do título ocorreu com a presença do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), do presidente da Câmara, Léo Prates (DEM), além de outros integrantes do cenário político da Bahia.

O jornalista Victor Pinto publicou, em seu perfil do no Twitter, um vídeo do momento em que Doria é atingido. 

Veja vídeo:

Novo vídeo que mostra a ovada contra o prefeito ACM Neto e o prefeito Dória em Salvador, na Praça Municipal. 

Em seus perfis oficiais no Twitter e no Facebook, Doria publicou um vídeo e fez postagens em texto falando sobre o ocorrido.

"Pessoal, estou em Salvador para receber o título de cidadão soteropolitano, e uma minoria ruidosa e autoritária tentou nos agredir. Não é esse o Brasil que queremos. Este tipo de violência só reforça meu desejo de que o Brasil avance unido. A paz prevaleceu e a Câmara de Salvador, a casa do povo, nos recebeu com muito carinho. Obrigado povo da Bahia!", publicou no Facebook.

Não à violência, não ao autoritarismo e não às ditaduras. Sim à democracia, a um país unido e de paz. Quem tem propósito discute ideias. pic.twitter.com/9cM1UaypZg— August 8, 2017

Este tipo de violência só reforça meu desejo de que o BR avance unido.— August 7, 2017

Bem antes da solenidade onde Doria ganhou o título de cidadão soteropolitano, um grupo que não era a favor da doação do título já protestava em frente à Câmara. A manifestação foi formada por estudantes, populares, além de integrantes de sindicatos como a CUT e grupos como o Levante da Juventude Popular.

Conforme o Centro Integrado de Comunicação (Cicom) da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), durante a manifestação um homem que participava do protesto ficou ferido e precisou ser atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Não há informações sobre as circunstâncias em que o homem se feriu e nem sobre o estado de saúde dele.

A Polícia Militar esteve no local monitorando a situação, mas não divulgou estimativa de público -- também não houve estimativa por parte da organização do protesto.

Em nota, a PM disse que "alguns presentes passaram a arremessar ovos em direção ao homenageado da noite. Mesmo com todo o empenho do efetivo empregado no local, evitando situações mais graves de conflito entre manifestantes e autoridades, infelizmente não foi possível identificar os autores do agressão".

A proposição aprovada pela Câmara municipal, para o título a João Doria, é de autoria do vereador de primeiro mandato, Felipe Lucas (PMDB). João Doria é filho do ex-deputado federal baiano João Agripino da Costa Doria Neto, que teve mandato cassado em 1964 pelo regime militar.














G1

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM