Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Você sabia que esta 'fera' engole um homem? Fotos provam que é verdade. Veja!

Os rios amazônicos são cheios de mistérios. Entre as águas barrentas do Solimões e as escuras do rio Negro habitam criaturas que até hoje causam medo aos ribeirinhos.

Segundo pesquisadores, existe a possibilidade de haver espécies novas e mortíferas vivendo nas profundezas de rios e lagos da região.

Mas uma velha conhecida do pescador amazonense é a piraíba. No passado ela era temida pelas comunidades ribeirinhas.

Dona Adalgiza, que viveu boa parte da juventude em vilas isoladas, lembra com temor do medo que os caboclos sentiam do peixe gigante. "Por duas vezes, meu velho quase foi engolido por uma piraíba. Certa vez, ele estava agachado na beira do rio quando 'ela' se aproximou e abriu aquela boca enorme. Só deu tempo de puxar ele para terra firme", afirma ela.

Pescador exibe a "fera"

Há relatos de que o peixe gigante engolia crianças na beira do rio. As histórias são muitas.

O certo é que é de costume desse peixe carnívoro engolir suas presas. Tanto que em aquários ou tanques eles permanecem isolados, pois são capazes de engolir até mesmo outro peixe do seu mesmo tamanho.

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

"Piraíba" é um termo de origem tupi. Significa "peixe ruim". Isso explica a forma agressiva com que ele devora rapidamente suas presas.

 
Pescadores comemoram a pesca do peixe gigante

Existem muitos desaparecimentos nos rios. Os ribeirinhos acreditam que piraíbas maiores podem engolir facilmente uma pessoa de estatura média, ou até mesmo uma criança.

Essa fera do rio pode atingir até 3 metros de comprimento e 300 quilogramas de peso.

Peixe retirado do rio com a ajuda de iscas vivas

É considerado o maior peixe de água doce brasileiro depois do pirarucu, sendo da família dos grandes bagres.

É carnívoro e habita o fundo dos canais dos rios.

Para sua captura é necessária tralha pesada, varas de ação rápida e, como isca, peixes em pedaços ou inteiros vivos.

Piraíba gigante sendo erguida por 4 homens

Durante várias épocas do ano é possível observar as piraíbas no canal dos rios, bem na superfície da água. Geralmente neste estágio estão atrás de comida.

Na Amazônia, os caboclos costumam amarrar na canoa uma corda bem forte e anzol grande, iscado com um peixe de médio porte e ficam aguardando a chegada do peixe.

Quando fisgada, a piraíba pode rebocar a canoa por vários quilômetros. É um peixe de muita força.

Peixe de coloração mais escura foi capturado na beira de um lago


A série ‘River Monster’, que no Brasil se chama ‘Monstros do Rio’ e é exibida em canais pagos, mostrou em um episódio fotos fornecidas pelo IML de Manaus que seriam de um pescador que estava desaparecido e foi encontrado na boca de uma piraiba gigante.

Homem estava dentro de piraíba gigante (Foto: River Monster)

As fotos em preto e branco mostram o momento em que o pescador estava sendo retirado de dentro do peixe.

A série afirma que esse monstro do rio é mais comum do que se imagina.

Imagem exibida em vários países mostra retirada de pescador de dentro do peixe (Foto: IML)

Ele também pode ser encontrado em outros estados e países, com variações de cores e formatos.

A piraíba é hoje exibida como troféu por pescadores.

Devido à grande procura, o número de peixes grandes dessa espécie acabou diminuindo.

É mais fácil encontrar exemplares menores do peixe, que no Pará é conhecido como ‘filhote’.

Veja fotos:

 


 Fotos: Divulgação 



















OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM