Publicado:
Postador Por Rembrandt Carvalho

Aeroporto de Brasília restringe operações por falta de combustível

A Inframerica, concessionária que administra o aeroporto de Brasília, informou nesta quarta-feira que decidiu restringir as operações no terminal por conta da falta de combustível de aviação. Com a decisão, pousarão no aeroporto somente aeronaves com capacidade para decolar sem a necessidade de abastecimento no terminal brasiliense.

A restrição é causada por conta do protesto dos caminhoneiros contra o aumento no preço do diesel, que impede o transporte do querosene de aviação para o aeroporto. Segundo a Inframérica, o combustível para aviação disponível no momento “é insuficiente para a manutenção da operação regular” do aeroporto de Brasília.

A Inframerica orientou aos passageiros buscarem as companhias aéreas para mais informações sobre a situação de seus voos. Até às 17h desta quarta-feira, não há registro de atrasos ou cancelamentos decorrentes da restrição de combustível, segundo a concessionária.

A operadora informou que às 17h30 desta cinco caminhões com 45.000 litros de querosene de aviação cada chegaram ao aeroporto. “No entanto, a situação de alerta e o contingenciamento no Terminal continuam em vigor a fim de minimizar o impacto para os passageiros”, completou a empresa.

O Aeroporto de Brasília é o terceiro mais movimentado e um dos maiores centros de conexão do país.


O Globo